destaque / entretenimento

Você se interessa por TV? Tem um tempo para passar um dia ouvundo os grandes autores Emanuel Jacobina, Walcyr Carrasco e Rosane Svartman? Eles estarão com o diretor José Alvarenga Jr. e muitos outros pensadores e fazedores da produção nacional no XI Seminário Internacional Obitel, que acontecerá no dia 1 de setembro, na USP. O evento, que reúne grupos internacionais de pesquisa sobre ficção televisiva, contará com discussões que abordam desde a mobilização por meio da ficção até a internacionalização do processo criativo, passando pela análise de formatos e gêneros.

O tema deste ano, (Re)Invenção de Gêneros e Formatos da Ficção Televisiva, é também título da 10ª edição do Anuário OBITEL, que será lançada no encontro, fruto da parceria da Globo com o Observatório Ibero Americano de Ficção Televisiva, CNPq e Centro de Estudos de Telenovela (CETVN) da ECA-USP.

As inscrições para são gratuitas e podem ser feitas aqui.

rodrigo fonseca rosane svartman e emanuel jacobina

Rodrigo Fonseca, Rosane Svartman e Emanuel Jacobina

Gosto muito do trabalho de Rosane Svartman e, mesmo que a gente não optasse por dar destaque especial para mulheres, eu falaria dela aqui no blog porque é uma figura que está renovando este velho formato que amamos, o do novelão.

Cineasta, roteirista e diretora de TV e Cinema, ela fez muita coisa que você gostou, quer ver? O seriado Dicas de um Sedutor e o especial Guerra e Paz, a vigésima temporada de Malhação (parceria com Glória Barreto), numa parceria com Paulo Halm que teve grande valor na querida Totalmente Demais, que fez tanto sucesso a ponto de gerar uma websérie spin-off intitulada “Totalmente Sem Noção Demais“.

obitel pesquisadores de ficção televisiva

A Obitel é interessantíssima. A Rede brasileira de pesquisadores de ficção televisão nasceu em 2007 durante encontro organizado pelo CETVN – Centro de Estudos de Telenovela, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e pela Globo Universidade, reunindo pesquisadores brasileiros oriundos de diversas universidades brasileiras que se dedicam ao estudo da ficção televisiva.

É o braço brasileiro do Observatório Ibero-Americano de Ficção Televisiva, uma rede internacional de pesquisadores que tem por objetivo o estudo sistemático e comparativo das produções de ficção televisiva, entidade que nasceu em 2005 em Bogotá, e agrega vários países: Colombia, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, Estados Unidos (língua hispânica), México, Peru, Portugal, Venezuela e Uruguai.

A entidade tem algumas publicações, como o e-book (gratuito) Por uma teoria de fãs da ficção televisiva brasileira.

image04

Confira, abaixo, a programação completo do evento e participe!

Programação:
9h às 9h30 – Credenciamento e café da manhã
9h30 às 10h – Abertura e lançamento do Anuário “(Re) invenção de gêneros e formatos da ficção televisiva”
Participantes:
Profa. Dra. Margarida Kunsch, Diretora da Escola de Comunicações e Artes da USP
Prof. Dr. Eneus Trindade, Coordenador do PPG Ciências da Comunicação da USP
Profa. Dra. Roseli Fígaro, Chefe do Depto. de Comunicações e Artes da ECA-USP
Sra. Viridiana Bertolini, Gerente de Desenvolvimento Institucional da Globo
Sra. Dora Câmara, Diretora Executiva de Kantar IBOPE Media
Profa. Maria Immacolata Vassallo de Lopes, Coordenadora Geral do OBITEL
Prof. Guillermo Orozco Gómez, Coordenador Geral do OBITEL

10h às 11h15 – A mobilização por meio da ficção
Participantes:
Rosane Svartman
Emanuel Jacobina
Beatriz Azeredo
Mediador: Rodrigo Fonseca

11h15 às 12h30 – A internacionalização do processo criativo da ficção serializada
Participantes:
José Alvarenga Jr
Maria Immacolata Vassallo de Lopes
Guillermo Orozco
Mediador: Rodrigo Fonseca

12h30 às 14h – Almoço
14h às 15h30 – Formatos e gêneros – Colômbia, Estados Unidos e México
Participantes:
Colômbia: Borys Bustamante e Fernando Aranguren (Universidad Distrital Francisco José de Caldas, Bogotá)
Estados Unidos: Juan Piñón (New York University)
México: Guillermo Orozco, Francisco Hernandez e Gabriela Gómez (Universidad de Guadalajara)
Comentarista: Rosane Svartman
Moderador: Rodrigo Fonseca

15h30 às 17h – Formato e gêneros – Argentina, Chile e Uruguai
Participantes:
Argentina: Mónica Kirchheimer (UBA)
Chile: Pablo Julio Pohlhamer e Francisco Fernández (PUCC)
Uruguai: Rosario Sánchez (Universidad Católica del Uruguay)
Comentarista: Walcyr Carrasco
Mediador: Rodrigo Fonseca

17h às 17h30 – Coffee-break
17h30 às 19h – Formatos e gêneros: Brasil, Peru e Portugal
Participantes:
Peru: James Dettlef e Giuliana Cassano (Universidad Católica del Perú)
Portugal: Catarina Duff Burnay (Universidade Católica Portuguesa)
Brasil: Maria Immacolata Vassallo de Lopes e Clarice Greco (USP)
Moderador: Rodrigo Fonseca

19h – Encerramento

Serviço:

  • Local: Auditório da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – Escola de Comunicações e Artes da USP.
  • Endereço: Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária, São Paulo.
  • Horário: 9h às 19h

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas