destaque / educação / empreendedorismo

Neste dia do estudante, que tal sairmos do papo da educação básica e mostrarmos para o mundo as oportunidades que os estudantes alcançam por meritocracia?

Você já ouviu falar do WorldSkills Competition, o torneio mundial de educação profissional?

O evento, que acontece em Abu Dhabi, em 2017 reunirá 1,2 mil estudantes de mais de 70 países e alguns são brasileiros que participam das seletivas da WorldSKills (entre 4 de julho e 12 de agosto de 2016), reunindo estudantes da área de administração de sistemas de redes e de manutenção aeronáutica.

Vencedor na classificação geral na edição de 2015, realizada em São Paulo, o Brasil vai ao evento para defender o título de campeão mundial de profissões.

Promovido pela Internacional Vocation Training Organization (IVTO) realizado a cada dois anos, desde 1950, é o maior prêmio de sua categoria. Entre seus principais objetivos estão:

  • promover o intercâmbio entre jovens profissionais de várias regiões do mundo;
  • troca de habilidades, experiências e inovações tecnológicas;
  • despertar o espírito esportivo nos profissionais.

Os jovens profissionais que competem neste torneio são selecionados por seus respectivos países. Além de participarem apenas uma vez desse torneio, os competidores escolhidos devem ter, no máximo, 22 anos de idade.

Os melhores profissionais no torneio ganham medalhas de ouro, prata e bronze, além de certificados de excelência (aos competidores que alcançaram acima de quinhentos pontos).

Como esse torneio chegou ao Brasil:

Em 1982, o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) ultrapassou fronteiras e filiou-se a IVTO e, no ano seguinte, na Áustria, marcou a primeira presença brasileira na WorldSkills. De lá para cá, o Brasil só cresceu na competição, trazendo cada vez mais medalhas.

Na WorldSkills 2011, realizada no Reino Unido, o Brasil conquistou onze medalhas – seis de ouro, três de prata e duas de bronze – além de dez diplomas excelência. Na classificação geral, ficou em segundo lugar atrás apenas da Coreia do Sul. Esta foi a melhor posição do Brasil no torneio até 2015, quando ficou em primeiro lugar. 

Viram?

Há medalhas e destaque para os nerds também!


The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas