Mais mídias sociais para sua mãe: Você sabe o que é Tumblr? E Pinterest? Até ela vai curtir um dos dois!

Tumblr como usar e porque sua mãe vai curtir

Até o nome é complicado de pronunciar: Tumblr! Mas este microblog, mistura de fotolog com as notícias curtas do Twitter, é uma paixonite de adolescentes, ganha cada dia mais adeptos focados na troca rápida de informações ou no encontro de afinidades por meio de imagens.

Funcionando como um espaço altamente “customizável” onde é possível compartilhar links, textos, vídeos, e aúdio (como hoje o Facebook também faz, eu sei), o site permite integração com outras plataformas como Facebook e Twitter, além de importar feeds (do seu blog ou de terceiros, como sites de notícias) e escolher se quer que sejam postados apenas como links, imagens, link e resumo.

Aí está a grande diferença dele para o Pinterest, outra rede social de compartilhamento de imagens que é a mais acessada no momento. Semelhante ao Tumblr e a alguns agregadores nos quais os usuários compartilhavam suas listas de sites favoritos, no Pinterest categorias como esportes, tecnologia, decoração de casa, inspiração de moda são espaços para postar assuntos que estejam na internet. O nome já diz tudo, pois se refere ao “pin”, aquela “tachinha” que usamos para prender as fotos num quadro de cortiça, daqueles bem legais nos quais “guardamos” tudo que gostamos. Quem não teve um? Eu tive e amava guardar bobagens por lá! O Pinterest agrada a estes colecionadores e por isso eu falei no começo do post: até sua mãe vai curtir!

Explicando o Pinterest para sua mãe

Aliás, chamam o Pinterest de rede social das mulheres, mas eu acho isso preconceituoso. Como “amigos” no meu perfil, que fiz com o nome do blog @avidaquer, tem homens que colecionam fotos de carros, de viagens, de bebidas, de tatuagens de rock e, claro, de mulheres bonitas!, assim como tem de mulheres colecionando tudo isso e mais receitas, ideias para costura e artesanato, enfim, tudo que curtir.

Mas não é só um “curtir” de imagens legais, o Pinterest e Tumblr funcionam porque atuam como rede social, como foram os queridos Orkut e Facebook – que a seu tempo foram invadidos por brasileiros também, que representam uma parte expressiva dos milhões de usuários das plataformas. Em entrevista para uma revista, o jovem fundador do Tumblr, David Karp, afirmava que adora a nossa presença por lá:

“Os brasileiros usam o site da forma que mais gostamos. (…) O Brasil parece ter uma extraordinária cultura criativa. É um país que adora consumir mídia e cultura. (…) No Brasil, usam o Tumblr para se expressar, não para aparecer. Não é só consumir, mas remixar mídias e criar coisas novas.

E se você ficou com vontade de usar, neste link tem um passo a passo bem bacana. E no vídeo abaixo tem orientações bem práticas:

Siga-me nos dois: Tumblr e Pinterest.

P.S. Vale ler a entrevista do fundador do Tumblr, um jovem de 25 anos que aprendeu a programar sozinho ainda criança e, aos 17, tinha sua própria consultoria.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook