bem estar

Na semana passada falei aqui na nossa segunda de saúde sobre a “virose feminina”, ou seja, aquilo que recebemos como diagnóstico mais comum sobre as reclamações no mal-estar na região íntima. Partimos da importância do pH da região para relembrar cuidados importantes do cotidiano das meninas e mulheres.

O ponto de partida é respeitar o organismo, sempre, afinal, a região íntima saudável tem mecanismos de proteção naturais que inibem o desenvolvimento de germes ruins. Os fluídos do corpo feminino nem sempre são sinais de que algo não vai bem: a parte interna da região íntima produz continuamente secreções naturais para oferecer lubrificação, limpeza e para manter a acidez necessária à prevenção de infecções.

A parte externa da região íntima possui uma camada de proteção natural que é ácida e eficiente na prevenção de infecções, funciona como um manto que protege contra entrada de alérgenos. Em outras palavras, a área genital toma conta dela mesma.

Se é assim, como saber quando algo não vai bem por lá?

Simples atitudes podem trazer mais conforto, segurança, proteção e bem-estar http://bit.ly/maishigintima

É importante se observar para notar os sinais de que alguma coisa está atrapalhando este funcionamento natural equilibrado. Afinal, fatores externos – como roupas justas e/ou sintéticas, suor, abafamento, higiene inadequada – podem atrapalhar a manutenção dessa camada ácida.

Quem ama, cuida. Por isso, você deve sempre estar muito atenta à sua saúde íntima. Ela interfere no seu bem estar, tanto no corpo quanto na alma. São apenas alguns minutinhos todo dia, no banho, que vão fazer uma grande diferença na sua vida. Não dá pra deixar a saúde de lado, né?

Simples atitudes podem trazer mais conforto, segurança, proteção e bem-estar:

  • A região íntima feminina agradece se receber cuidados como os que temos com bebês: certificar-se de não deixar resíduos ou umidade entre as dobrinhas, secar muito bem a área genital com toalhas limpas e de uso individual, evitando irritações e algumas infecções.
  • Quando se está fora de casa (usando sanitários públicos) recomenda-se o uso de lenços umedecidos hipoalergênicos, com pH ácido e testados especificamente para a higiene íntima.
  • Durante a menstruação é recomendável realizar a higiene 2 ou mais vezes ao dia. Fora de casa, novamente o uso de lenços umedecidos é muito útil. Dar preferência aos absorventes que não contenham perfumes nem aditivos. Faça trocas freqüentes do absorvente, no máximo a cada quatro horas durante o dia.
  • Usar calcinha de algodão a maior parte do tempo. Ainda sobre as roupas íntimas, vale lembrar de lavar de maneira adequada as peças, sem deixar resíduos de sabão e deixar para secar em local fresco e arejado.
  • Evitar o uso de roupas muito justas ou de materiais sintéticos, em especial se ficar em contato com a região da virilha. Eles podem piorar quadros infecciosos.
  • Na depilação, não tirar todo o pelo púbico pois esse tem uma função protetora da região genital feminina. Na hora de depilar, manter, pelo menos, o pelo que protege a área do clitóris e da uretra.
  • No pós-parto, evitar banhos de banheira, piscina ou qualquer tipo de banho de imersão. Banhos com água corrente são os mais indicados.

São muitos os cuidados que você pode e deve tomar para que sua saúde íntima fique em dia!

Compartilhe para que suas amigas se cuidem também!

Acompanhe também o Movimento pela Saúde Íntima da Mulher foi criado para levar informação às mulheres, promovendo a conscientização sobre a importância de uma higiene íntima adequada. Um bom ponto de partida é o site higieneintima.com.br.
Nosso papo continua na próxima segunda. Acompanhe também o Movimento pela Saúde Íntima da Mulher foi criado para levar informação às mulheres, promovendo a conscientização sobre a importância de uma higiene íntima adequada. Um bom ponto de partida é o site higieneintima.com.br.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas