“Ver é viver. E ser visto é ter certeza que eu vivi.”Leandro Karnal

“Ver é viver. E ser visto é ter certeza que eu vivi.”

Leandro Karnal sobre nossa necessidade de fotografar e fazer checkin em tudo da vida e o grande vício contemporâneo: a vaidade.

Sempre haverá alguém melhor, mais bonito, mais rico, mais famoso. A única maneira de fugir da insanidade da busca pela aceitação pública atual é parar de se comparar com os outros e pensar em mim. 
Mas isso não leva ao egocentrismo e egoísmo?

Bem, essa é a dialética atual.

Ao momento que meu “eu” se encontra e dialoga com os outros, chama-se amizade, casamento. E ansiamos por esse encontro que não seja descartável nem substituível, né?

Veja mais no vídeo: 

E sobre as redes sociais, fica essa dica:

😉

[update] Para quem pensou no episódio 1 da 3ª temporada de Black Mirror, acertou. A imagem é de lá! [/update]

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.