#ad / sustentabilidade

Uma parte querida da minha família mora no Rio de Janeiro desde 2006. Eu já tinha uma parte do coração por lá por conta de uns amigos queridíssimos que casaram e foram morar em Saquarema e depois em Campos, mas foi quando minha irmã casou e mudou para o bairro de Botafogo que eu passei a me ligar de verdade em tudo que tem de especial na natureza no Rio. Quando passamos a ter uma relação mais íntima com a região, vendo o quanto a natureza lá é prodigiosa e o convívio das pessoas com ela é espontâneo e sincero, a gente entende porque chamam aquele lugar de Cidade Maravilhosa.

Uma das gracinhas de lá, que mesmo a mudança da família da minha irmã para a cidade de Niteroi (que fica ao lado do Rio, separada pela baía e por uma ponte) manteve intacta, é a relação com os pequenos animais que convivem alegremente com os moradores. Como acontecia nas árvores de Botafogo e Humaitá, meus filhos se encantam ao ver macaquinhos brincando livremente no Campo de São Bento quando vamos lá para brincar com os primos.

Soube que algumas destas espécies estão ameaçadas e foi assim que aderi à campanha Abrace Essas Dez!, uma ação da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) para conservação da fauna fluminense, buscando proteger dez espécies consideradas com maior risco de extinção do Estado do Rio de Janeiro – o muriqui, o mico-leão-dourado, a preguiça-de-coleira, o lagarto-branco-de-areia, o surubim-do-paraíba, o formigueiro-do-litoral, o tatu-canastra, a jacutinga, o cágado- da-paraíba e o boto-cinza.

Dá vontade de arregaçar as mangas e ajudar também? Faça como eu! Curta a fanpage criada para valorizar as ações de preservação, conte para seus leitores no blog e compartilhe com seus amigos no Facebook os updates da Abrace Essas Dez! para engajar novos defensores dos animais. Vamos ajudar a reverter esse quadro e apoiar projetos e estudos de preservação das espécies, a promover políticas públicas e parcerias com os governos municipais para preservação do meio ambiente.

E para quem gosta de aprender e de saber mais sobre a natureza brasileira, vale acompanhar e divulgar a seleção de vídeos que a fanpage tem divulgado, como esta, que me ensinou que o macaco muriqui, o maior primata das Américas e o candidato a mascote das Olimpíadas de 2016, é um animal super gregário e inteligente, que merece o nome querido dado pelos índios e que significa “povo manso da floresta”. Atualmente só existem 300 iguais a ele na fauna fluminense, sabiam?

P.S. Para minha alegria nesta quarta-feira eu estou no Rio, em reuniões de trabalho justamente no querido bairro de Botafogo. Será que verei macaquinhos nas árvores? Espero que sim! 🙂

Você pode gostar também de ler:
Neste ano meu filho mais velho completa 18 anos e - geração Uber - ele
Há alguns anos, tive a honra de fazer um "tour" por uma parte do rio
Já ouviu falar do conceito “Design de energia”? https://www.youtube.com/watch?v=4q8ugvNZyrM   O programa Shizen Global Talent
Nasci em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, região linda do Paraná. E eis que eu,
Você é daquele tipo de consumidor que baseia suas escolhas em valores? Eu sou. Se
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas