Uma “ajudante” muito econômica

Quando comecei a namorar meu marido, lembro de ouvir num sábado meu sogro comentar em tom de brincadeira: “nesta semana estamos sem ajudante em casa”. Como eu sabia que eles tinham deixado de ter empregada mensalista depois que os filhos cresceram, fiz aquela cara de “não entendi” e ele logo explicou: a máquina de lavar roupa foi pro conserto. Para muitas famílias a “ajudante” é a máquina e raros são os lares atuais que não contam com algum modelo de máquina de lavar roupas, o que faz dela quase parte da família mesmo.

Por isso mesmo, nos relacionamos com seu uso sem pensar ou rever os conceitos. Há algumas semanas revisitei o tema da sustentabilidade no consumo de água nos nossos lares por aqui, pensando em como posso mudar pequenas coisas do meu cotidiano para “fazer a minha parte”. Ao contar aqui sobre o período de testes do novo modelo Aqua Saver da Continental, uma linha de lavadoras de roupas que promete resolver parte das preocupações ambientais e da sobrecarga de roupas de famílias como a minha (em que as crianças são livres para brincar e criar, mas que devem estar também sempre limpinhas, cheirosas e “apresentáveis”), convidei outras famílias a se juntarem a mim nestas atitudes sustentáveis que parecem um trabalho de formiguinha, mas podem nos levar além das necessidades individuais, tendo o bem coletivo como objetivo final.

Nos últimos anos, quando se falava em sustentabilidade, pensamos no uso de carros e na separação de lixo, lembrando pouco da relação equilibrada que devemos ter com os recurso hídricos. Aqui no Brasil a água está ligada também à produção de energia elétrica e por isso, quando reflexionei sobre a economia no tempo que a roupa ficava na máquina, juntei os dois temas. O que mudou minha rotina com o uso da Aqua Saver foi o dispositivo na máquina que calcula o volume certo de água necessário para lavar de acordo com a quantidade de roupas. Como contei, ao contrário das lavadoras que tive antes, que podem consumir até 200 litros de água numa “maquinada”, esta economiza até 60% da carga de lavagem por ser inteligente. São 120 litros a menos de água por lavagem.

Mais dois fatores me fazem afirmar que a nova máquina é mesmo uma “ajudante” muito econômica: a concentração do sabão (pouca água e o sistema de recirculação garantem uma economia de insumos, como sabão), assim como o tamanho do cesto e a capacidade da máquina (que lava até 16kg de roupa) e permite que peças grandes, que eu antes precisava levar à lavanderia, sejam lavadas em casa mesmo. Maravilha: reuni economia de energia, de insumos, reduzi drasticamente o consumo de água e praticamente deixei de levar peças grandes para lavar em lavanderias especializadas.

Espero que minhas reflexões nestas quatro semanas tenham sido interessantes e que tenham despertado em vocês também a consciência de que a escolha dos equipamentos deve refletir nossos valores de vida, demonstrando em ações e escolhas o que desejamos para o futuro.

Saiba mais sobre a Aqua Saver no site e na fanpage da máquina, e descubra a parte social da Campanha Consciência Limpa no vídeo, muito fofo, em que eu, Gui, Enzo e Giorgio viramos personagens de desenho animado.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.