Um viva à vovó, desde tempos pré-históricos melhorando o mundo!

20140206-103043.jpg

Um viva à vovó!
Estudo de Kristen Hawkes, publicado na revista Proceedings of the Royal Society B, sugere que o ser humano desenvolveu uma vida mais longa porque as avós pré-históricas começaram a cuidar dos netos.

E elas podem ser responsáveis por mudanças evolutivas como os nossos cérebros maiores e os laços monogâmicos. 🙂

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.