casa

Bem comum no século XIX, o Sarau é um evento cultural ou musical realizado, geralmente, em casa, onde amigos se encontram para se expressarem ou se manifestarem artisticamente, pode envolver dança, poesia, música, leitura de livros e até outras formas de arte como pintura e teatro. O essencial é resgatar os pequenos prazeres da vida, recuperar a palavra, o bom papo, uma boa música e valorizar o ser humano, por meio de ações simples, que se perderam na velocidade em que se vive no século XXI.

Programa de sábado: que tal visitar a Casa Cor São Paulo, maior evento de decoração do país? O programa é imperdível para quem adora novidades nas áreas de arquitetura, decoração e design, mas, garanto, pode agradar a quase todo mundo que gosta do que é bonito ou inovador. Como sabem, fui à coletiva de imprensa e estava esperando uns dias para absorver e digerir todas as coisas que vi por lá. Começo pelo sarau porque é sábado, meu dia de falar de literatura no blog e agenda cultural no blog.

Só que o Sarau do qual falo aqui não é real, mas vive nos sonhos de quem quer ter uma sala de estar assim para reunir os amigos em torno de coisas boas como música, leituras e filosofia. Este é o mote do sofisticado Living da Casa Cor 2010, criado por Joia Bergamo, numa releitura dos antigos Saraus para os tempos modernos, resgatando a sofisticação dos tempos dourados, com lustres autênticos em cristal Baccarat e o design moderno atual – e quem não quer uma casa onde “caiba” um lustre destes?

“A ideia é preservar o bem-estar e fazer as pessoas pensarem na mistura de estilos, toques clássicos que se misturam com os contemporâneos. A base é contemporânea e o clássico fica como coadjuvante”, explica Jóia Bergamo. “As pessoas estão buscando um autoconhecimento, querem expandir suas fronteiras e resgatar a sensação do viver bem. Quis mostrar que é possível utilizar um ambiente confortável, onde se vive, para receber amigos, reciclar idéias e valores”.

Foi impactante ver o living quando cheguei ao Casa Cor. Predominam no ambiente os tons de branco, preto, berinjela e pistache. Espelhos bisotês, transparências e a sofisticação da madrepérola, do mármore salpicado com cristal Swarovski apresentados sob o fundo das pastilhas madrepérola à frente das quais estão as esculturas em madeira (da artista plástica Bia Dória). E o Sarau fica completo com o piano de meia calda para realizar os concertos musicais, serestas, cantos e apresentações solo.

Gostei do que vi e mais ainda da defesa de que o projeto surgiu da obsvervação da necessidade atual de voltar para suas casas, de dedicar mais tempo à sabedoria pessoal e à valorização do ser humano. Com ou sem luxo, não é mesmo algo para todos pensarmos e colocarmos em prática?

Que tal aproveitar e bolar um Sarau com seus amigos também?

P.S. A edição paulistana conta ainda com as versões Casa Hotel, Casa Kids e Casa Talento. Em São Paulo, os ambientes ficam em exposição até o dia 13 de julho, no Jockey Club (Av. Lineu de Paula Machado, 1075), de terça a sábado, das 12h às 21 h e domingo, das 12h às 20 h.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas