destaque / empreendedorismo / relacionamentos

 Raramente falo aqui no blog da religião que professo e da comunidade que frequento. Mas nesta manhã de domingo, fazendo minhas tradicionais anotações no culto da Igreja Batista de Água Branca, achei a mensagem universal e interessante para quase todos os públicos – exceto, obviamente, os que são ateus.

A igreja recebeu Erwin Mcmanus, da Mosaic Church, e foi interessante ouvir o salvadorenho radicado em Los Angeles, graduado em Psicologia pela UNC Chapel Hill, Mestre em Dividade pela Southwestern Theological Seminary, e Doutor em Letras (Humane Letters) pela Southeastern University. Ajudou bastante, admito, a interpretação e tradução simultânea de Volney Faustini (@volneyf), que abrasileirou e animou o sermão na medida, sem roubar a cena.

  
Segundo o site de Ed Renê Kivitz, pastor líder da IBAB, que o convidou para vir a São Paulo, “Erwin McManus é um iconoclasta dedicado à arquitetura cultural e integração entre criatividade e espiritualidade”. 

“Criatividade é a expressão natural da espiritualidade humana”, disse Macnamus. Seu livro mais recente, The Artisan Soul (sem tradução para o português), explora a vida como uma obra de arte.

As viagens de Erwin o levaram a mais de 50 países, onde falou para mais de um milhão de pessoas a partir de uma grande variedade de públicos, incluindo atletas profissionais, investidores de Wall Street, universidades, estúdios de cinema e conferências com foco em liderança, criatividade e cultura.

  
E nesta chegada ao Brasil – ele literalmente desbancou direto no culto – Erwin começou a provocação com a seguinte pergunta:

Você já esteve numa situação da sua vida em que que qualquer escolha seria ruim?

Dentre as piores tragédias, escolhe-se o caminho “menos pior”, assim é que alguns se lançam no caminho mais aventureiro. É um grande ato de coragem, mas também um ato de desespero. Desespero e coragem são parecidos e desespero também pode ser confundido com fé. Nestes momentos as pessoas nos incitam a ter mais coragem, mas nem sempre a gente quer ter mais disso, não queremos mais desespero. Essa coragem que vem do desespero não é exatamente o sonho da maioria de nós. 

As vezes queremos gritar para Deus e dizer:

– Chega!

E Ele nos diz:

– Chega mesmo! Mas quanto mais você tem que sofrer para ter coragem?

O que aconteceria se vivêssemos em grande desespero todos os dias? O que seríamos capazes de realizar?

Temos amigos que reclamam de tudo e diante de suas constantes insatisfações com a própria vida temos vontade de peguntar:

– Por que você não muda isso? Ou muda tudo?

Muitos de nós vive como se não soubesse que tem liberdade de escolha e vive uma vida que não requer coragem.

Encontre um caminho diferente e faça uma escolha diferente.

Um novo futuro está à distância da sua escolha!

Quantas vezes corremos e fugimos só dos barulhos e dos eventos que imaginamos que estão à nossa frente?

Deus quer te levar lugares onde você iria se morresse para si mesmo. Se você perde tudo, pode se aventurar de verdade onde as pessoas comuns não vão.

(Entendo essa morte como figurativa do que “cremos que somos” ou “desejamos que o mundo veja em nós”.)

Siga-me e eu farei algo.

Quando nos aproximamos de Deus o fazemos por nossas necessidades. O problema é continuar chegando a Deus somente por nossas necessidades, pois daí ficamos como os leprosos que encontraram prosperidade, mas resolveram guardar para o futuro.

A prosperidade que Deus nos dá é para que possamos dar aos outros – não para guardamos para o futuro desconhecido. 

(Eu entendo a fé na abundância e na provisão divina como um exercício diário de confiança no que virá, pois ao conhecermos de verdade Deus ganhamos um futuro é uma abundância que não terá fim.)

Tudo o que Deus faz por nós e em nós é para que sejamos um presente para o mundo.

🙂

E Erwin está no Brasil nesta semana para um seminário sobre o tema. 😉

Espiritualidade e Arquitetura Cultural é uma conversa e um convite à reflexão que pretende aprofundar essas e outras questões num ambiente de interação entre empreendedores sociais, ativistas culturais, líderes religiosos e quem mais vier. 

Saiba mais no site de @edrenekivitz.
P.S. O vídeo desse culto não está disponível, mas em 04 de Outubro de 2014, Erwin McManus foi à IBAB e falou sobre Espiritualidade e Cultura. Veja aqui.

 


Estatísticas