cultura web
Para que serve o Twitter ? no Newscamp se discutiu isso e eu não participei (fiquei na sala da monetização) e muita gente posta por aí. Eu tenho achado algumas utilidades pessoais. A primeira é que é um “IM (Instant Messenger) coletivo. Sabe aquela mensagem que você escrevia no msn e alguns amigos acabam te chamando porque leram? Então, no Twitter ela pode gerar vários comentários dos seus “followers” e se você for bem criativo pode virar uma “tag” – uma palavrinha ou expressão com o símbolo # antes pega, muita gente posta com o mesmo e você depois pode ver como a coisa caminhou. Como tem gente que prefere chamar o Twitter de “micro-blog”, uma boa analogia seria dizer que a tag # lembra um meme .
Outra utilidade do Twitter, que descobri quando passei usa-lo no meu IM (gtalk) e consegui seguir mais atentamente quem “I follow”, foi ver melhor como pensam cada um dos geeks que usam de fato esta ferramenta. Com algumas pessoas achei interesses comuns que os blogs não tinham mostrado, com outras notei que as diferenças de enfoque eram irremediáveis e aproximei-me mais de alguns amigos virtuais com quem não tinha tempo de teclar em pvt.
Hoje achei outra função prática é acompanhar eventos. E aqui surge o motivo deste post. Hoje, acompanhando um evento , percebi que algumas pessoas ainda não cruzaram os bloggers e os jornalistas. Nem preciso dizer que não me identifiquei porque até em reunião de escola eu anoto as coisas direto no meu smartphone, que, aliás, tem wi-fi… concluí que sou um ser híbrido! (huahuahua) Seguem as twittadas que me levaram a concluir isso:
@garotasemfio: De longe a gente sabe quem é jornalista e quem é blogger na cobertura do evento.
@garotasemfio: Jornalista: pergunta e anota tudo em bloco de papel, depois vai para o note e abre um editor de textos.
@garotasemfio: Blogger: Twitter e post do blog aberto, escritos e atualizados em tempo real, interagindo simultaneamente com os leitores 🙂
Você pode gostar também de ler:
Nem todo instagramer é um geek que usa os filtros do smartphone para fazer seu
Tudo começou num papo descontraído no Facebook que eu vi no Twitter sobre os furoshikis
Perguntei novamente ontem no Twitter se "as amizades da internet são descartáveis", inflexível na minha
Já escutei algumas vezes dos amigos dos meus filhos que usam Twitter que suas contas
“A necessidade de investimentos em infraestrutura no Brasil é muito grande, e isso já é
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas