entretenimento

“Não posso ficar nem mais um minuto com você, sinto muito amor, mas não pode ser, moro em Jaçanã, se eu perder este trem que sai agora às onze horas, só amanhã de manhã”…

Meu pai sempre cantava esta música para mim e, quando criança, eu tentava imaginar o todo da canção tão paulistana… um universo tão diverso do meu na época, tão lírico, delicado e ao mesmo tempo tão absurdamente normal e cotidiano… transformar o cotidiano em poesia é uma mágica e o Trem das Onze é dos melhores. Adoniran Barbosa, autor deste e outros marcos da música brasileira, tem seu centenário de nascimento comemorado neste ano e não podia ficar de fora da Virada Cultural.

Fiquei encantada com a forma como ele será homenageado: um trem da CPTM terá apresentações de suas músicas em sucessivas viagens da estação da Luz ao Brás, começando no dia 15 às 23h. Nesta madrugada, como é tradição na Virada Cultural, trens e metrôs não param de funcionar na madrugada, portanto da estação da Luz sairá uma composição a cada 1 hora, com um grupo musical se apresentando em cada dois vagões durante a viagem até o Brás, cantando grandes sucessos de Adoniran Barbosa.

Segundo os organizadores

O Projeto consiste em ações artísticas nas estações de trem da Luz e do Brás, bem como na realização de “viagens musicais” no percurso entre as duas estações. Haverá ainda exibição da exposição fotográfica em formato digital nas telas LCD dos vagões e um palco montado da estação do Brás onde haverá esquetes teatrais do espetáculo “Histórias das Malocas”, programa musical que estreou na Rádio Record, tendo como artistas principais os então radio-atores Adoniran Barbosa, Maria Tereza e Mariamélia.

Inspirado na letra da música “Saudosa Maloca”, o programa tinha uma fachada humorística e transitava pelas favelas paulistanas trazendo em sua essência tipos vivos, a vida cotidiana, sambas, amores, comida, profissões exóticas, etc., dando vida ao personagem de maior sucesso de Adoniran Barbosa (o famoso CHARUTINHO) e suas histórias.

No espetáculo “Histórias das Malocas” após cada esquete dos atores, os músicos (Conjunto Regional) executam uma música especialmente criada, de acordo com o tema ali discutido. Uma forma de manter viva a memória deste importantíssimo artista paulista de uma época de grande efervescência artística e cultural da cidade de São Paulo. Como ele mesmo dizia: “Em São Paulo quase todos os bairros são impermeáveis, somente as zonas de malocas se parecem entre si.”

O espetáculo tem direção geral de Ttoni Philippi, direção cênica de Jorge Balbyns e direção artística de Nanah Pereira, e conta com a participação de 02 atores, 01 cantora e um Conjunto Regional composto por 07 músicos (02 violões, 01 cavaquinho, 01 flauta, 01 clarinete, 01 percussão e 01 pandeiro).

Cada apresentação, incluindo os esquetes teatrais e as apresentações musicais, terá aproximadamente 20 minutos de duração.
Trem das Onze – 100 Anos de Adoniran Barbosa

P.S. A apresentação do projeto artístico “Trem das Onze – 100 anos de Adoniram Barbosa” terá participação de vários grupos artísticos, sendo que os principais são Grupo IArtes e Projeto Fuá. O Grupo IArtes (Instituto de Artes do Brasil), fundado em 1998, nasceu da iniciativa de seus fundadores em ampliar o mercado profissional cultural trabalhando para criar oportunidades de desenvolvimento humano a crianças, jovens e adultos com a coooperação de escolas, professores, ONGs, empresas, prefeituras, governos, entre outros. O Projeto Fuá é uma organização artística formada por alunos do Instituto de Artes da UNICAMP que desde 2004 vêm trabalhando a idéia de misturar música, dança, artes plásticas, circense e cênicas baseados nas manifestações populares brasileiras (onde não existe separação entre os “tipos de arte”).

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas