bem estar / educação / mãe

Crianças agitadas, meu filho e diferente, doenças em crianças, ficar agitado é uma doença?, meu filho tem déficit, meu filho e hiperativo, como saber se meu filho e hiperativo, sintomas de TDAH, sintomas e déficit de atenção, sintomas de hiperatividade, como é uma criança hiperativa, meu filho não para quieto ele e hiperativo, o que e hiperatividade, como descobrir a hiperatividade, como descobrir hiperatividade, como acontece a hiperatividade, casos de hiperatividade, características de crianças com hiperatividade, meu filho tem  falta de concentração, meu filho não presta muita atenção,

Crianças agitadas são sinal de saúde e de infância bem vivida, não é mesmo? Como no caso da criança gordinha e rosada que antigamente era sinônimo de bem tratada, o excesso de energia nas crianças pode ser sinal de algo mais. Exemplo é o Transtorno por déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), cujo diagnóstico tem se tornado mais frequente – nem sempre tão assertivo, exceto se feito após exames e avaliação de um neurologista.

É cada dia mais comum ouvirmos alguém afirmar, quando vê uma criança mais ativa, que ela é hiperativa. Mas será tão comum? Os sintomas do TDAH são relativamente comuns na infância: hiperatividade, falta de atenção e impulsividade. Mas a síndrome da conduta, de origem neurobiológica, acomete apenas 5% da população infanto-juvenil (de 3 a 16 anos).

A tal hiperatividade não é uma simples agitação e sim o movimento contínuo e superior ao esperado para a idade da criança e deve aparecer concomitantemente com a falta de atenção e a impulsividade. O transtorno, que ocorre devido a uma alteração o sistema nervoso central,  é uma das causas mais frequentes do fracasso escolar e de problemas sociais na idade infantil. Patologia crônica, altamente genética (44% das crianças afetadas tiveram pais ou mães hiperativas) e séria, mas passível de tratamento.

Embora seja mais comum em meninos, um dos casos mais próximos que tive com o TDAH foi de uma colega de meu filho mais velho. Notava-se nela as características clássicas: dificuldade para  controlar seu comportamento, suas emoções e pensamentos, bem como grande dificuldade para prestar atenção e a concentrar-se.

E quando ela se torna um problema? Quando a criança hiperativa fica inquieta demais, chora à toa e tem baixas nos resultados da escola, surge necessidade real de tratamento médico e acompanhamento de psicólogo.

E quais são os sintomas mais visíveis?

– Inquietude. Move os pés, mãos e o corpo sem um objetivo claro. Levanta-se, salta e corre quando tem que estar sentado.

– Baixa auto-estima, devido sua impopularidade.

– Aborrecimento e excitação excessivos e incontroláveis. Não consegue brincar de forma tranquila. Não respeita a vez dos outros. Excita-se e se aborrece com frequência.

– Grau acentuado de impulsividade. Age antes de pensar. Responde antes que terminem a pergunta.

– Falta de concentração. Não atende aos detalhes, nem à organização, nem as instruções.

– Falta de persistência. Além de não terminar as tarefas, evita as que necessitam de um esforço contínuo.

– Dificuldade para organizar-se e manter a atenção.

– Distrai-se com muita facilidade. Esquece-se do que tem que fazer.

– Surdez fictícia.

Você pode gostar também de ler:
Esta é para quem quer reduzir (ou evitar) o tempo das crianças em frente ao
"A relação entre a criança e o animal é muito importante. Ajuda a desenvolver a
Ali Wong - Baby cobra Nesse final de semana vi "Ali
Outro dia, na minha coluna da Disney Babble, comentei sobre o valor da presença paterna, trazendo
Essa imagem, de crianças surpresas fotografando brinquedos analógicos, me fez pensar no quanto nós não
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas