cultura web / mãe

Virou mania aqui jogar no Trakinas 3.0. Confesso que no início eu achei que ficar no site era uma forma dos meninos chamarem minha atenção – porque eu controlo muito os horários deles com jogos online e, enfim, sou a coordenadora do site da trakinas para mães. Mas ao entrar lá para conhecer eu entendi.

(Aqui em casa eu sempre tento conhecer os jogos que eles descobrem, ver os primeiros episódios dos desenhos animados, ler a revista Recreio, enfim, participar.)

O jogo, lançado em março, foi logo descoberto pelos meninos. Meu filho fica sabendo de mil novidades na Recreio e no final de semana costuma sentar ao nosso lado com o notebook para mostrar os novos sites indicados lá. Este, por ser um game voltado inteiramente para o universo infantil e de uma marca que é tão familiar, ele nem achou que precisava de minha autorização. Mas precisou!
Ao tentar se cadastrar ele teve que mandar um e-mail de responsável e eu recebi uma mensagem assim:

Caro Pai ou Responsável Legal,
Seu filho se cadastrou no site Trakinas, criando uma conta online, com isso ele poderá acessar algumas áreas fechadas como: Game Trakinas 3.0, jogos, enviar conteúdos para publicação (após aprovação da equipe Trakinas), criar um Avatar, enviar foto do seu animal de estimação, entre outras atividades.
Como ele possui menos de 13 anos gostaríamos que você verificasse se deseja dar o seu consentimento para que o seu filho possa se divertir nestas áreas fechadas do site Trakinas.

E eu tinha o direito de aprovar ou não. Claro, se a criança quiser dá o e-mail de um amigo ou um próprio e aprova, mas eu sempre gosto e valorizo o cuidado na interface com os pais nos sites voltados para crianças.

Como a idéia, além de promover diversão com qualidade, é estimular a criança a conectar-se a personagens imaginativos, os meninos amaram e eu achei muito legal também. Outro ponto que tem sido encantador para nós é que o game está sendo apresentado em fases e (os organizadores prometem que até o final do ano) a cada 15 dias  um novo desafio será lançado. Um estímulo e tanto para crianças (e pais) a manter um contato regular com o jogo.

Diversão saudável é, na minha opinião, aquela descompromissada e sem horários, mas que perdura, que nos acompanha. Isso dá um sentido de comprometimento, de relacionamento e, porquê não?, de responsabilidade para as crianças.

E aí, você e seus super heróis aventureiros topam juntar-se a nós para salvar a “fabrika mais divertida do mundo” de um vilão terrível? É só clicar aqui e começar a diversão!
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas