A solução para o trânsito é trabalhar em casa #trabalhoremoto #homesourcing

domenico de masi em são paulo http://www.ideiasustentavel.com.br/2013/01/replicas-domenico-de-masi/

Desde “O Ócio Criativo” (editora Sextante) o sociólogo italiano Domenico De Masi cria celeuma ao falar sem medo o óbvio, compartilhando com roupagem nova e ares ultra modernos o que na verdade é “tão antigo quanto andar para frente”: para ter boas ideias é importante acalmar e ser capaz de pensar criativamente nos momentos de lazer.

Segundo sua ideia, difundida no início da década de 1990 (acompanho desde o começo pois, ainda universitária, fui muito influenciada por ele), ouvir uma música, ir ao cinema ou olhar pela janela podem, ao mesmo tempo, ser uma distração e fazer parte do trabalho.

Como jornalista este conceito se tornou parte da minha vida de forma tão arraigada que só quando volto a ver Domenico na mídia eu me lembro que foi ele quem “me moldou” e fez ver que o que parece distração para outros, na verdade para mim é trabalho – e vice-versa.

E foi numa visita recente dele a Sampa que me apercebi do quanto suas visões sobre a vida mudaram minha forma de viver a cidade e me levaram a um movimento de aproveitar bem as horas de vida para ser mais completa e feliz. No meio disso, claro, tem o trabalho, a vida pessoal e uma das coisas que roubam nosso tempo para os dois: os deslocamentos do cotidiano.

Cidade congestionada, São Paulo

Sobre minha querida cidade do coração, ele disse:

“Cada cidade do país tem suas características.
São Paulo é uma mistura de todas, é a Nova York brasileira.”

Mas o ponto deste texto era “salvar” um tema interessante que ele levantou numa palestra que fez para estudantes de arquitetura e, como no caso do ócio criativo, é tão simples que chega a chocar:

“A solução para o trânsito é trabalhar em casa.”

Como não concordar? Não só concordo como digo isso há anos! E como empresária nunca tive medo de contratar mão de obra que atua prioritariamente de casa.
🙂

Abaixo republico alguns pontos da entrevista de Domenico De Masi para a repórter Regiane Teixeira:

São Paulo tem uma criatividade diferente de outras cidades?
O Brasil é como a Itália. Aqui existe uma criatividade estética, uma humanística e uma científica. No Brasil, há especialmente a humanística, no cinema, no teatro, na televisão, na poesia e na música.

Tem dicas para quem quiser usar melhor o tempo ocioso no trânsito?
Não. A única solução para o trânsito é o trabalho à distância. Com a internet, é possível trabalhar de casa.

Ficar ligado até em casa nos smartphones e no computador não pode aumentar o tempo de trabalho?
Temos máquinas para conservar o tempo e registrar as coisas. Isso nos ajuda a ter tempo livre, mas não o temos por falta de organização. Quem faz esforço braçal trabalha menos graças à tecnologia.

O senhor trabalha todo dia?
Sim e não, porque faço um trabalho criativo. Dou aula em uma universidade em Roma três vezes por semana. Será que estamos trabalhando nesse momento?

Como curte o tempo livre em SP?
É só chegar e sair na rua. Visito museus, dou palestras, encontro amigos, vou a concertos. Aqui há uma mistura de raças e uma cordialidade que não existe em outros lugares. São Paulo é o mundo.

Pensa em se aposentar um dia?
Eu não trabalho! Sou como o meu amigo Oscar Niemeyer (1907-2012), que trabalhou até os 105 anos, mas porque desenhava, se divertia.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook