Tornar palpável o resultado da reciclagem ajudaria?

“Em Israel, a Coca Cola abriu uma pop up store que comercializa apenas produtos reciclados, feitos a partir de garrafas e latinhas do refrigerante. Os clientes foram convidados a trazer embalagens da bebida para a loja e, com a adiçao de um pequeno valor em dinheiro, trocá-las por produtos novos, entre roupas, jóias, acessórios, bolsas e até mobília.”
Debora Schach

Hoje, ao ver no BlueBus a notícia do lançamento desta loja da Coca-Cola em Israel, reflexionei sobre o quanto tornar “palpável” (de pegar, usar, ver com as mãos) poderia ajudar a divulgar a ideia do reuso de materiais. Para muitos consumidores falta a noção de como o lixo que podemos reciclar ou reutilizar pode ser  transformado em objetos bons, bonitos e baratos.

Tem que ser os três, não concordam? Ter o “trabalho” de separar o lixo e depois comprar objetos feitos com este produto reutilizando pagando muito caro por algo que não tem a mesma qualidade do novo não anima! Mas, pelo menos no vídeo que incorporo abaixo, me parece que se trata de um conjunto variado de objetos de boa qualidade.

Se a loja existisse por aqui você optaria por produtos reciclados ou de reuso de materiais em detrimento de novos?

P.S. E fica a pergunta para os militantes: é válido estimular a compra de produtos reciclados ou já estamos num ponto em que deveríamos caminhar para uma desaceleração do consumo como um todo?

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook