bem estar / casa / destaque

  
Depois de um dia fora, você chega em casa exausto e imediatamente se joga no sofá! Que gostoso, né?

Mas para essa atitude ser perfeita, falta uma coisa: tirar os calçados antes de entrar!

No Japão, um hábito muito comum é a retirada dos próprios calçados assim que se entra na própria casa ou na casa de algum amigo ou parente. As pessoas são treinadas de tal forma, desde muito pequenos, que até ambientes de trabalho por onde passei (escritórios, gravadoras de música, a redação do jornal onde trabalhei) obedeciam a essa regra e deixavam chinelos para os visitantes trocarem de calçados ao entrar.

Moramos lá no início da nossa vida a dois e por isso passamos este hábito saudável para nossos filhos antes mesmo de entenderem que traziam sujeira para casa nos calçadinhos.

  

Reprimimos aqui o  genkan, uma área especial na entrada das residências onde os sapatos e tênis são colocados (geralmente com a parte frontal apontada para a rua). Lá, existem dois motivos para isso – o higiênico, já que os calçados carregam germes e bactérias vindos da rua; e o “espiritual”, pois tirando os sapatos, é possível se libertar das energias impuras que interferem na harmonia do lar, de acordo com a crença tradicional.

Parece crendice, mas vários estudos científicos comprovam que os japoneses estão absolutamente certos neste quesito. 
Quer mais motivos para fazer como eu e usar chinelo em casa?

– Uma simples caminhada na rua faz com que 96% dos calçados adquiram contato com germes e bactérias, como a E. coli, que podem facilmente sobreviver durante o trajeto até a sua casa, e lá causarem doenças e infecções. 

– Uma simples ida a um banheiro público já pode fazer com que esses indesejáveis hóspedes peguem carona em nossos sapatos.

– Os calçados também podem conter resíduos de produtos químicos perigosos, como chumbo e mercúrio.

O jeito mais simples possível de se resolver esse problema é seguir a sabedoria oriental.

  
Faça como eu, bote seu “suripa” (do inglês “sleepers”, chinelos de quarto) quando chegar em casa e Peça a amigos e parentes que tirem seus sapatos assim que entrarem em sua casa (e só deixar os pares na entrada da casa) e sempre que puder faça o mesmo quando for visitar a residência alheia. 

Assim, é possível reduzir em até 85% a quantidade de poeira, sujeira e toxinas que invadem sua residência por “baixo”. 

Crie esse hábito!

E uma última dica: aqui em casa também concentramos na lavanderia um armário para todos os calçados da família. Facilita muito nos cuidados com a higiene da casa. 😉

P.S. Com dados da Agência Nacional de Proteção Ambiental dos EUA (EPA), Agência de Controle Ambiental de Minessota, também dos EUA.

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Latest posts by Sam @samegui Shiraishi (see all)


Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas