Semana Cultural Literária em Curitiba

A gente volta para a terra natal (no meu caso, o Paraná) e se liga novamente na agenda local.

Nesta semana acontece em Curitiba a Semana Cultural Literária, um evento dirigido para 18 mil profissionais da educação do Município para a ampliação do repertório cultural desses profissionais. A ideia é distribuir 30 mil ingressos para espetáculos e atividades em diferentes linguagens artísticas que acontecerão em diferentes espaços da cidade, até 31/05.

Acho simpático e importante que a gente divulgue, compartilhe e estimule os educadores a aproveitarem estas chances de serem valorizados e de renovar seus repertórios. 

O evento é o resultado da parceria entre Secretaria Municipal da Educação e Fundação Cultural de Curitiba para aproximar os profissionais da educação e comunidade escolar da produção local.

“Buscamos com esta grande ação integrar a literatura às demais expressões culturais”, diz a secretária municipal da educação, Roberlayne Borges Roballo.

Além de rodas de leitura e debates literários, a programação inclui espetáculos de dança, teatro, música, cinema, circo e rodas de literatura, buscando estabelecer diálogos interdisciplinares que contribuam pata fortalecer e ampliar os conhecimentos artístico-culturais e educacionais, enriquecendo assim à leitura de mundo.

 Projeto de Ampliação Cultural para Profissionais da Rede Municipal da Educação

Entre outras ações e seguindo o modelo do projeto EduCultura, lançado no ano passado para garantir o acesso dos profissionais do ensino à ações culturais, o projeto prevê a distribuição de uma cota de ingressos dos espetáculos produzidos pela Fundação Cultural de Curitiba ou por produtores parceiros, para crianças, estudantes, familiares e responsáveis da rede municipal de ensino.

Hoje, primeiro dia do evento, acontece também o lançamento do projeto Arte por Toda Parte, também desenvolvido em parceria entre os dois órgãos para envolver no processo cultural da cidade, crianças e estudantes que não têm condições de acesso a espetáculos teatrais, musicais, cinema ou qualquer outro tipo de manifestação cultural fora do espaço escolar. O projeto também prevê a exibição de filmes, entradas em espaços gerenciados pela Fundação e distribuição de publicações, livros e CDs produzidos por meio de leis de incentivo da Fundação Cultural.

🙂

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.