Segundo dia de #portocainarede

Não dá tempo de contar, sinto muito, mas vou pelo menos deixar umas fotos aqui!

O amanhecer foi encantador, impossível sair na janela do quarto, se deparar com uma vista assim e ficar desanimado, né?

[PortoCaiNaRede] Enotel por você.

Saimos cedinho (8h, um sacrificio para quem parou de trabalhar às 3h) para conhecer um alambique que é significativo, o mais antigo de Pernambuco ainda em funcionamento. Café da manhã e estrada – minha primeira viagem de jipe que na volta virou a primeira viagem de buggy.

[PortoCaiNaRede] Enotel café da manhã[PortoCaiNaRede] A caminho do alambique mais antigo


Na usina fomos tão filmados e fotografados pela equipe que faz o filme para eles que foi bem estranho, chegou a lembrar BBB… e como os brothers, a gente precisa lembrar que não tem nada de celebridade, somos midia players convidados para um Fun Tour. 😉

[PortoCaiNaRede] A caminho do alambique mais antigo por você.

[PortoCaiNaRede] A caminho do alambique mais antigo por você.

Claro que além do processo de produção pudemos provar os produtos (cachaça artesanal, rapadura e o “mel de engenho” ou melado) e muitos compraram garrafas para levar para casa. Gui foi um deles!

[PortoCaiNaRede] A caminho do alambique mais antigo por você.

Depois vivemos uma emoção: visitamos a praça do Baobá, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca. Foi ele o inspirador para o baobá de Antoine de Saint-Exupéry no Pequeno Principe!

Foto de Max Reinert do grupo quase completo na frente do baobá
Foto de Max Reinert do grupo quase completo na frente do baobá


Na praça tem artesanato e conheci uma das participantes de uma cooperativa de artesãs.

[PortoCaiNaRede] Praça do Baobá no distrito de Nossa Senhora do Ó por você.

De lá, estrada e mais estrada para chegar à Cachoeira do Urubu, na cidade vizinha de Primavera. Gui e outros foram na parte de cima do jipe quando saimos da rodovia e entramos no trecho de estrada de chão.

[PortoCaiNaRede] Cachoeira do Urubu em Primavera por você.

portocainarede cachoeira do urubu 02-10-2009 01-37-47.bmp

A cachoeira era gostosa, embora eu ache que demoramos muito para chegar  (e voltar de lá) e, sinceramente, preferia ter ficado no hotel, onde tem mil atividades (inclusive um spa de relaxamento). Mas, enfim, basta olhar para mim e pro Gui na cachoeira para perceber que este lugar é perfeito para quem quer relaxar e se refazer.

🙂

portocainarede cachoeira do urubu 02-10-2009 01-37-57.bmp


Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook