destaque / empreendedorismo

Está procurando um seriado novo para aproveitar o frio sob as cobertas numa #maratonanetflix?

Eu tenho uma dica.

😉

Outro dia eu tinha elogiado a atuação de Ryan Phillippe no filme The Lincoln Lawyer e tenho que repetir o elogio agora que terminei a primeira temporada de Secrets And Lies.

O elenco ajuda. 

Da estranha detetive Andrea Cornell, vivida por Juliette Lewis à gélida esposa Christy, vivida por KaDee Strickland (de Private Practice), aos vizinhos e as filhas, Nat (Indiana Evans) e Abby (Belle Shouse), as mulheres da vida do pai de família Ben Crawford, vivido por Ryan Phillippe, criam as reasonable doubts (as pulgas atrás da orelha) que prendem o telespectador desta série de suspense.


Como gosto do estilo, admito que já vi tantas do gênero que raramente não acerto o final lá pelo meio. Mas Secrets And Lies me surpreendeu. 

A série acompanha a saga de Ben Crawford, um pai de família que descobre o corpo de um menino da vizinhança assassinado perto de sua casa e rapidamente se torna o principal suspeito na morte dele. Alegando inocência e sob imensa pressão da dura detetive Andrea Cornell, Ben vai em busca do verdadeiro assassino, a fim de limpar seu nome,  num esforço que acaba revelando um grande número de segredos da pequena comunidade. 

A primeira temporada da série está disponível no Netflix (a segunda está no canal pago Sony), assim como está o filme que indiquei no início, The Lincoln Lawyer (O poder e a lei). 


Gosto do Matthew McConaughey e é bom ver Marisa Tomei fazendo um papel interessante.

Adaptado do romance de mesmo nome de Michael Connelly, o filme também tem o sempre ótimo William H. Macy e Ryan Phillippe, num papel ambíguo em que a culpa não é clara, antecipando o protagonista que faria 4 anos depois na série Secrets & Lies. John Lenguizamo e Michael Peña também estão presentes na história, embora interpretando aqueles papéis clássicos de “latinos” em L.A. E Francis Fischer está elegante como empresária socialite. Curiosidade: a vítima da história é interpretada por Margarita Levieva, a amiga que troca de identidade com Amanda Clark em Revenge. 😉

Recomendo os dois.

😉

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas