a vida quer

homenagem-aos-meus-saopaulinos-pentacampeoes-1-11-2007-11-14-11.jpg

Os homens da minha vida estão muito felizes hoje e eu não posso deixar de homenageá-los. Guilherme, que foi ao jogo ontem no Morumbi e voltou feliz como menino, Enzo e Giorgio, que hoje brincam com suas bandeiras do tricolor, merecem o time que é um exemplo de organização, correção (dentro da medida do futebol) e são uma esperança de dias melhores na sociedade brasileira.

Estranho eu falar isto? Não é tanto. O esporte é muito importante nas sociedades, em especial o futebol no nosso país, e a capacidade construtiva de times como o São Paulo (no mesmo caminho estão Cruzeiro e Internacional, faço questão de comentar) mostra que podemos deixar de ser meros exportadores de matéria-prima (no caso, jogadores com potencial que deviam ser Prata da Casa e se tornam cidadãos de outras nações) e usar o futebol como forma de melhoria da qualidade de vida.

Como digo na justificativa do nome do meu blog, o ser humano precisa mais do que comida. Uns dizem que o futebol é o ópio do povo, eu aprendi convivendo com meu marido que pode ser mais. Carl Sagan, num dos capítulos da obra póstuma Bilhões e Bilhões, chamado os Caçadores de Segunda-feira à Noite, compara esta relação masculina (já não é mais tão masculina, mas vamos perdoar o cara que era de outra época) aos grupos de caçadores dos homens primitivos e sua necessidade de se juntar em clãs, com objetivos e lutas em comum. O que é o futebol que não uma forma de encontrarmos pares, iguais na multidão? E o futebol, nas escolinhas e projetos sociais como Gol de Letra, do Raí e Leonardo, e a Fundação Cafu, do também craque tricolor. Espero para ver o que o Rogério Cenni, um cara espetacular, vai fazer quando se aposentar (aliás, ontem ele falou na coletiva que mesmo quarentão quer jogar no estádio coberto em 2014!). E o lindinho (em todos os sentidos) do Kaká?

Mais sobre futebol aqui e .

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas