Ruas e lares decorados para a Copa

Mesmo com os gadgets da Copa, as atividades comuns dos torcedores persistem. Nas ruas do meu bairro são várias as manifestações de patriotismo e, apesar das restrições da Lei cidade Limpa, dá gosto de ver a união das pessoas – e olha que a lei proíbe a publicidade em excesso nas ruas, com faixas, placas e banners pendurados em postes e muros estão vetados, mas podemos colocar bandeirinhas nas ruas, mas com cuidado para não esconder faróis e não prejudicar a sinalização do trânsito.

Descobri que, pelo menos nesta época, outras cidades vivem proibições como nós. Em Belo Horizonte as pinturas em ruas e muros não são permitidas e é necessário pedir autorização às subprefeituras para pendurar bandeiras nas ruas e em Curitiba a prefeitura proíbe a colocação de enfeites ou propagandas em ruas, calçadas e em pontos que prejudiquem a sinalização de trânsito, além de ser proibido também pintar ou pendurar objetos em árvores. Mesmo assim, é tradição que as ruas pelo país sejam pintadas com bandeiras do Brasil, caricaturas de jogadores, camisas da seleção brasileira e taças do campeonato mundial. Mesmo no Rio de Janeiro, onde a comemoração é das mais animadas, é preciso pedir autorização para subprefeitura antes de qualquer coisa.

E aí, na sua cidade, como estão as ruas e casas dos torcedores?

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.