Rompa o silêncio!

Fui convocada a participar desta ação e jamais deixaria de ser uma multiplicadora da campanha do Unicef contra exploração sexual de crianças e adolescentes (explicada em detalhes aqui no site oficial).

“Rompa o Silêncio!” incentiva as pessoas a apoiar medidas de combate a essa prática e a denunciar casos de violação

A mobilização começou em 23 de outubro e tenciona colher assinaturas de pessoas que desejam contribuir para os esforços de combate à exploração sexual de meninos e meninas no Brasil, além de conscientizar a população sobre a importância das denúncias dos crimes de violação sexual.  Assine aqui e esteja presente de forma ativa nesta luta que deve ser de toda população. O abaixo-assinado será entregue III Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que deverá ocorrer entre os dias 25 e 28 de novembro, no Rio de Janeiro e deverá contar com a participação de delegados de 150 países.
Muitas vezes nosso comportamento invasivo na vida dos outros – vizinhos, colegas ou estranhos – é o que salva uma criança deste tipo de exploração. E, se você não sabe como agir nestes casos, o Unicef ensina como denunciar casos de exploração sexual de crianças e adolescentes. Sempre é tempo de mudarmos de postura e deixarmos de ser coniventes.
Outro dia vi na TV uma reportagem da campanha que orienta caminhoneiros para agirem ativamente na denúncia de exploração infantil e do trabalho de crianças em rodovias e postos. Ao convidá-los a serem agentes do bem, a campanha também os ensina a ter um comportamento correto na estrada, onde rodam a trabalho presenciando a dura realidade de menores explorados. Na matéria os resultados e adesões já eram animadores e fiquei contente por imaginar que há gente ajudando e deixando de ser vilão ou cúmplice nesta história.
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook