#reinstagram da semana: @joaoquental

#reinstagram, @joaoquental, instagramer, Geek, smartphone, fotógrafos, João Quental, fotógrafos de aves, Cora Rónai, Instagram, Jardim Botânico, COA, Clube de Observadores, Clube de Observadores de Aves, Ornitologia Brasileira, Helmut Sick, @joaoquental,  Associação dos Fotógrafos de Natureza, Facebook, Twitter,

Nem todo instagramer é um geek que usa os filtros do smartphone para fazer seu cotidiano parecer mais bonito e interessante (invejável?) para os outros. A rede social de imagens tem sido muito bem explorada por fotógrafos profissionais e nós, usuários comuns, podemos tirar proveito de verdadeiras exposições virtuais com “presentes diários”.

Um dos fotógrafos que seguimos aqui, com grandes papos em família (pois meu marido e meus filhos também o seguem e falamos dele como se fosse um conhecido, mesmo não sendo, risos), é João Quental, um dos maiores fotógrafos de aves do país. Além das fotos lindíssimas, ele mostra no Instagram parte da militância para que diretores de unidades de conservação deixem de perseguir caçadores de imagens.

20130120-222451.jpg

Segundo li, num texto de Cora Rónai (que também tem um perfil simpático no Instagram onde mostra suas viagens deliciosas e os gatos mais lindos da rede), João Quental é professor de literatura e descobriu o gosto pelos pássaros quase por acaso, numa viagem à África. Ele contou em entrevista a ela como a curiosidade sobre os animais que fotografa virou uma mania.

“Você começa a ver os livros, e começa a ver o que não viu. Começa a pensar em voltar para fotografar o que não fotografou. Aos poucos, se dá conta de que existem aves também na sua cidade, e que não é preciso ir à África para fotografá-las. Eu descobri que havia passeios para observação de aves no Jardim Botânico. Fui. E encontrei um monte de malucos iguais a mim. Depois passei a frequentar também os passeios do COA, o Clube de Observadores de Aves. E descobri o livro Ornitologia Brasileira, do Helmut Sick, que é todo um universo que se abre.

 

Vale ler a conversa toda (neste link) e seguir o perfil dele no Instagram (@joaoquental) para passar a reconhecer também estes vizinhos que, felizmente, persistem nas nossas cidades e nos permitem pausas no cotidiano com suas cores, sons e surpresas.

20130120-221938.jpg

Fotografar passarinho não é para qualquer um. Além do equipamento, que no Brasil é indecentemente caro, é preciso ter paciência. No artigo descobri a Afnatura, a Associação dos Fotógrafos de Natureza, da qual João Quental é diretor de relações públicas.

P.S. O #reinstagram da semana agora é uma sessão fixa aos sábados por aqui. Surgiu das minhas “divagações” sobre quando a gente gosta muito de uma atualização de alguém e não tem como compartilhar como no Facebook ou RT como no Twitter. Assim farei (manualmente, pois não tem uma ferramenta automática) uma homenagem semanal usando a hashtag #reinstagram e subindo a foto com link para o perfil da pessoa. Você pode indicar o seu perfil e aproveite para seguir o do blog: instagram.com/avidaquer.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook