Um mundo onde a mágoa não rasga fotografias. Deleta.

Quotes de @amatos30

A frase que deu título ao post é um dos tuites que compõe o livreto de @amatos30 nos Clássicos da Twitteratura Brasileira. Sinceramente, eu nem seguia ou sigo o moço (descrito no livro como redator publicitário), mas gostei do que li e trouxe um para mim junto com os exemplares de @pittyleone (para @alinekelly, que ainda não pude entregar), @leojaime (para @_claudiatavares), @bomdiaporque (para @smiletic).

E deste mundo virtual no qual surgiram as amigas acima, que são tão presentes no meu cotidiano a ponto de me fazerem comprar os seus favoritos no lançamento dos livros, deixo umas frases para este final de tarde de domingo, todas de autoria do @amatos30.

“Cuidado para não ser convencido mais pela convicção de quem diz do que pela verdade do que é dito”

“A censura é uma doença que vive à base de tarjas pretas”.

“O silêncio é tão tímido que some sempre que recebe aplausos”.

“Saudade é como apêndice, só existe quando dói”.

“Solidão, a liberdade em sua pior versão. Liberdade, a solidão em sua melhor versão”.

“Jogar uma moeda em uma fonte e fazer um pedido e´tentar subornar o destino”.

E a minha favorita:

“Para ganhar dinheiro, trabalhe naquilo que você faria até de graça”.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook