Coisas de quem bloga

Recebi uma ligação dos meus pais no dia 01/01 contando que tinham visto um programa no Globonews em que dois jornalistas debatiam política (não acompanho os programas do canal, então não sei bem qual é) e o convidado era “editor de blog“, sem outro veículo a lhe dar credenciais. Minha mãe ficou contente, para ela foi a comprovação de que o blog já pode ser um veículo com força e importância aceitas. E meu pai agora me cobra o domínio próprio, quer passar “meu site” para os amigos. Sinal de que estou demorando muito para ver o domínio e que em 2008 os blogs vão cair no gosto popular como prevêem os especialistas.

Outros sinais interessantes na web.

  • O blog Geek Chic, da Veri, foi tema da Tecnologia de batom do Guia da Semana sobre blogs de tecnologia voltados para o público feminino.
  • Li no Intermezzo que quem compra a recém-lançada biografia Vale Tudo de Tim Maia é chamado a acessar o site da editora e contar lá sua história com o cantor e suas músicas. Quase comprei o livro no Natal e como gosto de biografias e simpatizo com Nelson Motta, já sei que acabarei comprando ou lendo de alguém. Enquanto não o faço, estou pensando em contar da versão que a turminha do Enzo cantou sobre reciclagem de brinquedos com Não quero dinheiro.
  • Para encerrar, pois tenho prática de yoga para crianças com meus amores neste final de tarde, deixo-os com uma supernova: Yuri, cujo conto História de um artista me encantou há pouco. Convido-os a conhecer seu Café com Pão.
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.