cultura web / destaque / sustentabilidade

Veja Qual o papel dos jovens, papel da juventude, economia criativa, o que e economia criativa, como funciona a economia criativa, qual o conceito de economia criativa, livros sobre economia criativa, quem são os jovens que transformam fórum da juventude da ONU, a juventude mudando o mundo, como os jovens são capazes de mudar o mundo, como os jovens mudam o mundo, como os jovens usam a economia criativa, debate sobre economia criativa, mobilização social na internet, jovens brasileiros que transformam,

Muito se fala em economia criativa, virou um clichê, quase como o “pensar fora da caixa”. Mas, afinal, o que é este conceito e como ele está mudando o mundo ao nosso redor?

Segundo o autor inglês John Howkins no livro “The Creative Economy”, publicado em 2001, reune atividades que relacionam indivíduos exercitando a sua imaginação e explorando seu valor econômico, em processos que envolvam criação, produção e distribuição de produtos e serviços, usando o conhecimento, a criatividade e o capital intelectual como principais recursos produtivos. Este novo mundo englobaria 13 setores já conhecidos por nós e que receberam uma injeção de ânimo nesta última década: arquitetura, publicidade, design, artes, artesanato, moda, cinema/vídeo, televisão, publicações, artes cênicas, rádio, softwares e música.

E quem está fazendo esta mudança? Os jovens, claro. Mas não estamos falando de jovens comuns e sim de pessoas que, por sua vivência pessoal, fazem das oportunidades de negócios a chance de mudar um pouco o mundo ao seu redor e neste sentido nós, sociedades consideradas periféricas e em desenvolvimento, temos uma riqueza impar. Penso muito nisso desde que morei fora do Brasil e vi como nossas dificuldades fazem diferença no nosso DNA, na forma como reagimos ao nosso entorno e como inovamos.

Nesta quarta-feira parte deste mundo novo estará no Fórum da Juventude ECOSOC 2013, promovido pelo Conselho Econômico e Social e realizado na sede da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York. O evento, um dos mais importantes do mundo nesta área, tem em sua programação o debate “Juventude: um motor para a economia criativa”, abordando como a economia criativa, além de ser um dos mercados que mais crescem, é também um importante fator de transformação social, na geração de emprego e no aumento de renda da população.

Veja Qual o papel dos jovens, papel da juventude, economia criativa, o que e economia criativa, como funciona a economia criativa, qual o conceito de economia criativa, livros sobre economia criativa, quem são os jovens que transformam fórum da juventude da ONU, a juventude mudando o mundo, como os jovens são capazes de mudar o mundo, como os jovens mudam o mundo, como os jovens usam a economia criativa, debate sobre economia criativa, mobilização social na internet, jovens brasileiros que transformam,

Nós, brasileiros, temos um motivo de orgulho neste em especial: o jovem empresário Marco Gomes, fundador da boo-box, estará lá com Barbara Birungi, fundadora do Women in Technology em Uganda (Witu) e Gerente do Hive Colab, e Jorge Just, do Programa Interativo de Telecomunicações da Tisch School of the Arts da Universidade de Nova York, conversando sobre o tema com moderação de Hashem Bajwa, CEO do DE-DE.

A intenção do evento é preparar as bases para a revisão anual do Ecosoc no que diz respeito a como ciência, tecnologia, inovação e cultura podem ajudar na concretização dos objetivos de desenvolvimento do milênio, estabelecidos pela ONU em 2000.

Conheço pessoalmente Marco há alguns anos, o suficiente para praticamente ter visto acontecer a história que ele contará no ECOSOC 2013, do lançamento da boo-box em 2007 e, em especial, de como ele conseguiu, aos 20 anos, despertar a atenção internacional (com sócios investidores de porte) para sua tecnologia para veiculação de publicidade em blogs, sites e redes sociais. De certa forma todos nós, blogueiros profissionais do Brasil, estaremos representados lá, pois ele também compartilhará com os participantes informações sobre o mercado de marketing digital no mundo e como o Brasil está acompanhando as tendências internacionais.

O que é Economia Criativa? @marcogomes explica em mensagem exclusiva para os leitores do @avidaquer:

“A Economia Criativa é um fruto do século 21, que tem alterado os padrões das industrias de entretenimento, arte e jornalismo. Pois em uma era pós-industrial, os valores tradicionais vêm sendo constantemente questionados.

A economia criativa traz riqueza de informação e estímulos, permitindo que o ser humano despadronize o que cria, dando vazão a todo o seu potencial.

As dicas que dou para jovens que querem participar da economia criativa são: observar e aprender com os demais, ter paciência para colher os resultados e agilidade e atenção para ouvir e responder às reações do público.”

Se interessou?

Veja Qual o papel dos jovens, papel da juventude, economia criativa, o que e economia criativa, como funciona a economia criativa, qual o conceito de economia criativa, livros sobre economia criativa, quem são os jovens que transformam fórum da juventude da ONU, a juventude mudando o mundo, como os jovens são capazes de mudar o mundo, como os jovens mudam o mundo, como os jovens usam a economia criativa, debate sobre economia criativa, mobilização social na internet, jovens brasileiros que transformam,

Para que todos possam acompanhar o ECOSOC2013, a ONU transmitirá o evento ao vivo, por meio de sua TV online.
Fórum da Juventude ECOSOC 2013
– Data: 27 de março de 2013
– Horário: 12h35 às 14h – horário de Brasília
– Local: Sede da ONU, em Nova York, EUA
– Transmissão ao vivo: http://webtv.un.org/

P.S. Marco e eu estivemos juntos num debate em 2012 sobre “O papel da internet na mobilização social“na ESPM, em São Paulo. Na ocasião, munido de uma mochila que trouxe como lembrança da presença no occupy wall street, ele contou para os participantes de um de seus “inventos” online que não aparecem no marketing, mas é dos mais legais, o Infinitive Causes (8causes.com), site que gera ação social pela web por meio das redes sociais como o Twitter.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas