Qual foi sua primeira maratona de seriado?

Voltei a tentar ver novelas, depois de muitos anos, mas continuo com dificuldade de “não poder ver tudo que quero na hora que posso”.

Esse comportamento “spoiled child” que tenho atualmente eu desenvolvi após anos me abastecendo de séries pela internet.

Eu ainda sou assinante de TV a cabo, mas confesso, a cada dia vejo menos sentido nisso. Deve ser porque meus pais assinam desde que há TV paga (em Curitiba, em 1991). E porque, quando meus amigos insistiam para que eu acompanhasse alguma série que eles amavam, eu podia dar uma espiadinha na TV e ver se gostava.

Foi assim até que eu descobri o prazer das maratonas.

Num aniversário, amigos me deram de presente boxes com temporadas de Lost. Muita gente não se conformava porque eu não tinha me rendido à série e ficava de fora das conversas. Em 1 mês vi 5 temporadas e viciei.

No ano seguinte, ganhei os boxes das temporadas iniciais de Dexter. E por aí foi. Muitas séries depois – House of Cards, Unbreakable Kimmy Schmidt e Sense8 são duas das que vi em maratona – e eu não consigo mais esperar para ver um capítulo por semana.

E tem mais gente como eu.

🙂

Quem já foi fisgado por uma série sabe muito bem do que estou falando: começamos a assistir sem compromisso e quando menos esperamos, estamos apaixonados!

Hoje recebi dados da Netflix com resultados da análise de dados globais de streaming da primeira temporada de algumas das séries mais assistidas da atualidade e descobriu quais são os episódios-gancho que fizeram toda a diferença para que os assinantes continuassem assistindo à série até o último capítulo. 

“É aquele episódio matador, ladrão de corações (e sua cara metade não precisa nem ficar com ciúme). E adivinha? Nunca é no primeiro encontro… Ou seja, nunca no primeiro episódio.” 

  

Aqui tem um infográfico com os dados da pesquisa mostrando que no Brasil, por exemplo, Jimmy McGill de Better Call Saul fisgou o público um episódio antes dos mexicanos.

Quer contar da sua experiência? Responda rápido: 

➡️ Qual foi a cena mais marcante da sua série favorita? 

➡️ E qual série te fisgou mais rápido? 

P.S. Eu ouvi falar da pesquisa da Universidade do Texas que diz que o hábito de assistir a vários episódios de uma série de uma vez só pode ser considerado um sintoma de depressão e solidão. Mas, novamente, me pergunto se o universo – os pesquisadores analisaram 316 jovens entre 18 e 29 anos – e concluo que é muito restrito e pode ser parcial. 

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook