destaque / girl up! / sustentabilidade

Y. tem 7 anos e se nega a sorrir para fotos, porque tem vergonha de seus dentes. N., também aos 7, repete que seu cabelo “é ruim” e por isso não vai ao cabeleireiro. Ambas são moradoras da periferia, em uma cidade na zona leste de São Paulo, e começaram cedo a limitar suas vidas por conta das imperfeições que acham que têm. E isso só tende a piorar. Afinal, elas não têm dinheiro para usar as roupas e acessórios da moda, não têm acesso a cursos de inglês ou espanhol, dificilmente viajarão nas férias ou mesmo irão ao cinema… Elas crescerão à margem de uma sociedade que as julga pelo que aparentam, que diz o tempo todo o que elas devem ter e fazer para serem legais, sem notar o quanto isso é opressivo para quem não tem as mesmas oportunidades e condições das meninas do outro lado da ponte.

Foi pensando em Y., N. e na menina que eu fui um dia, na Brasilândia, que decidi criar o projeto Cartas para o Futuro, que visa ajudar garotas da periferia a terem mais confiança, em sua capacidade, talento, sonhos e, principalmente, no poder de transformar a sua própria realidade. Isso tudo por meio de uma rede de mulheres que apoie essas meninas, através de cartas direcionadas a cada uma, compartilhando histórias, conselhos e carinho. Outro ponto importante é incentivar o relacionamento entre essas mulheres e as garotas, através de um grupo fechado no Facebook, aproveitando para divulgar informações relevantes de cunho cultural, social, esportivo… O projeto prevê a realização de eventos focados no formação dessas meninas, com palestras sobre sexualidade, carreira, feminismo, auto-estima e outros temas, oferecendo também serviços básicos, como cabeleireiro, dentista, manicure-pedicure, doação de livros, bazar de roupas e o que mais conseguirmos agregar.

logoCF_final-2

Felizmente, ao compartilhar a ideia, conquistei apoios importantes para a execução do projeto. O primeiro foi do pessoal da Otagai, com quem tive o prazer de trabalhar no ano passado, e que ajudou a pensar na nossa atuação nas redes sociais. Depois, meu marido Marco Gomes me apresentou  Eduardo Lyra, criador do Instituto Gerando Falcões, que fez a ponte com a diretora da escola de Poá, onde iremos atuar a partir da próxima semana. A princípio, trabalharemos com 150 a 180 garotas da nona série do fundamental e do primeiro ano do ensino médio. A escolha das séries foi feita depois de conversar com as professoras e as coordenadoras da escola. Para começar o diálogo com as garotas e traçar o perfil de cada uma, além de cruzar com as informações sobre as mulheres da rede, contamos com o apoio do Instituto de Pesquisa Data Popular, do meu amigo Renato Meirelles. Já para juntar as mulheres e planejar em conjunto as próximas ações, a Samantha Shiraishi, minha comadre aqui do blog, levou a ideia para o Centro Ruth Cardoso, que topou realizar encontros em seu espaço, além de apresentar o projeto para toda a sua rede.

Apesar das boas parcerias que fechamos até aqui, nada disso fará sentido sem mulheres que topem compartilhar um pouquinho do seu tempo e palavras com as garotas de Poá e, porque não, do Brasil. A ideia não é concentrar o projeto no grupo que estamos formando em São Paulo, mas replicá-lo por todo o país. Desenhamos as pesquisas de tal forma, que possam ser utilizadas em outras tantas escolas cheias de garotas brilhantes e inseguras. Quero crer que essa é a primeira de muitas ações, que vão ajudar a escrever novas histórias para as mulheres do Brasil.

Para participar escrevendo cartas ou trabalhando nos eventos, você precisa responder a esse questionário. As respostas serão utilizadas apenas para direcionar melhor as cartas e ações do projeto.
Você também pode nos ajudar a divulgar essa ideia, convidando outras mulheres a fazer parte da rede Cartas para o Futuro, seja através do seu blog, redes sociais, e-mails… O selinho do projeto, feito pela talentosa designer Helaine Oliveira, pode ser copiado e utilizado para isso também 🙂

Se estiver em São Paulo e quiser participar da primeira reunião presencial, segue o convite:

Cartas para o Futuro
Se não puder participar presencialmente do encontro, nós faremos um hangout da conversa, amanhã a partir das 18h, no youtube.com/samegui. Saiba detalhes no evento do Google+.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=yp7S5-c9aCE]

Se tiver qualquer dúvida ou sugestão para o projeto, é só comentar!

Desde já, muito obrigada por se interessar por esse sonho 🙂


Comments

  1. Elenara Stein Leitão Says: março 26, 2014 at 9:40 am

    Que sonho mais lindo! Conte comigo! Abraços

  2. Que projeto lindo, Talita! Com certeza acompanharei o hangout para saber tudo sobre o projeto e vou divulgar nas minhas redes. 🙂

  3. Tô dentro!!

  4. Anamaria Mendes Jannuzzi Says: março 26, 2014 at 12:27 pm

    Projeto lindo! erteza que tenho amigas belas, mulheres fortes que tem muito a ensinar e compartilhar com estas meninas! Vamos apoiar?!

  5. Tô dentro!!!!!

  6. Muito <3 pela iniciativa. Podem contar comigo

  7. Eloa Iwamoto Says: março 26, 2014 at 12:28 pm

    Linda iniciativa..estarei acompanhando e divulgando também!!
    bjs

  8. Priscila Diogo Says: março 26, 2014 at 5:08 pm

    Adorei a iniciativa!!

  9. Amanda Alves Says: março 26, 2014 at 2:12 pm

    Amei a iniciativa e tô mega dentro!!!

  10. Maria Tereza Says: março 26, 2014 at 6:11 pm

    To dentro!!!! Patrícia, Poá-SP

  11. Conte comigo! 🙂

  12. Nossa Talita, que projeto lindo! Sem palavras! To aqui! beijos

  13. Angelica Longo Says: março 26, 2014 at 10:50 pm

    Dentro com toda certeza!!!

  14. Projeto lindo, lindo! Se precisar de um bracinho em BH/MG, estou dentro! Trabalhei como supervisora do Programa Federal Projovem e uma das coisas que mais me chamou a atenção enquanto no Projeto, era que os alunos se emocionavam e se sentiam envaidecidos simplesmente por eu lembrar do nome deles, ou eu perguntar sobre seu filho, sendo que na visita anterior eles tinham me contado que tinham filhos =(

  15. VC ESTA LINDA…

  16. Lindo Projeto! Quero participar!

  17. Aiii, esse questionário é uma desnudez da minha vida. Quero ajudar e não ser ajudada. Facilita gente.

  18. Obrigada, Erica! Conto muito com seu apoio, sem dúvida, muitas meninas vão se inspirar em você 🙂

  19. Muito obrigada pelo apoio 🙂

  20. Muito obrigada pelo apoio! 🙂

  21. A princípio, o projeto será apenas em São Paulo, porém, você pode participar dessa primeira fase escrevendo uma carta 🙂
    Mas nós queremos que ele se expanda para outros estados o mais breve possível! Muito obrigada pelo apoio!

  22. Olá, Zeze! Esse questionário é para facilitar na hora de cruzar os dados das meninas com as mulheres, para selecionar quem escreverá as cartas para quem, porém, se você não se sentir a vontade para responder alguma questão, pode pular para próxima 🙂

  23. fiquei emocionada com a atitude de vc e muito lindo parabÊns

  24. Talita Ribeiro Carneiro , então tudo bem, tenho um grupo de amigas no Facebook abraçando essa causa. Boa noite.

  25. Mylena Rocha Says: março 27, 2014 at 3:00 am

    Amei o.projeto,estou bem longe de vocês aqui no nordeste mas espero ajudar. Apesar de nova acjo que muito posso ajudar e principalmente aprender. Parabéns pela iniciativa,estou torcendo!!

  26. Lindo projeto! Já me inscrevi, Talita. Sou do Rio e queria muito ajudar a trazer o Cartas para o Futuro pra cá. Beijos

  27. Simone Ataídes Says: março 27, 2014 at 6:01 am

    Eu quero!!!

  28. A princípio, vamos aplicar só aqui, para ver quais ajustes precisam ser feitos e o que funciona ou não. Porém, queremos expandir para outras cidades o mais breve possível, e a sua ajuda é suuuper bem-vinda. Obrigada 🙂

  29. Marina Carvalho Says: março 27, 2014 at 1:40 pm

    Bom dia, gostaria de participar do projeto. 🙂

  30. É só responder ao nosso questionário, Marina: https://pt.surveymonkey.com/s/PHTD37F 🙂

  31. Que lindo sonho Talita! Quero ajudar 🙂

  32. Ok! Enquanto isso, quero ajudar fazendo qualquer coisa. Fiquei encantada, de verdade, com o projeto. Beijos

  33. Patricia Gregorio Na próxima semana vamos mandar e-mail para as mulheres que responderam o questionário contando quais são os próximos passos 😉

  34. Pati Mello Says: março 28, 2014 at 1:33 pm

    Talita, são pessoas de bem e de coração aberto que transformam o mundo. É isso que estamos precisando. Te adicionei no facebook para falarmos. Embora propostas diferentes, temos projetos com ideologias iguais. Transformar através das palavras. Convido-a a visitar e a unirmos forças! http://www.facebook.com/amoremcartas Um grande abraço e que o sucesso seja incrível, lindo e cheio de luz! <3

  35. Ana Maria Magni Coelho Says: março 28, 2014 at 2:47 pm

    Apaixonadíssima por essa proposta!
    Não tenho como não fazer parte de algo tão bonito idealizado por uma pessoa tão serena, generosa e inteligente como a Talita, apoiado por amigas especiais como a Sam, Aline e Vivi e ainda, atuando com meninas de Poá, região do meu Alto Tietê.
    Vamos que vamos… Venham junto, pessoal!

  36. Muito obrigada por nos ajudar a divulgar e pelo carinho, Ana! A sua participação será incrivelmente enriquecedora para o projeto e para as meninas 🙂

  37. Parabéns às idealizadoras!!! lindo demais!!!

  38. Olá,
    tenho um programa de radio e gostaria de entrevistar a idealizadora do projeto para ajudar na divulgação. Tem algum contato pra me passar?

  39. Olá,Talita:
    maravilhoso o projeto.Fiz minha inscrição para enviar cartas. Espero contribuir com seu trabalho.

    E uma sugestão:seria legal ter um grupo no G+, para que as pessoas que não gostam do Facebook ( como eu, rssss…), possam participar.

    Abs e sucesso!

  40. Adorei o projeti! Estava procurando por algo assim para contribuir!
    Eu respondi o questinário, mas ele não pede nenhum dado de contato, como entremos em contato?

  41. Talita Passos Says: abril 9, 2014 at 10:37 am

    Oi Talita, tudo bem?
    Respondi o questionário mas não recebi nada ainda.
    Vcs já enviaram os emails com os next steps?
    Beijos

  42. Talita, respondi ao questionário e não recebi e-mail. Queria saber se cometi algum erro no preenchimento. Beijos

  43. Gostaria de participar, mas não encontrei onde me inscrever.

  44. […] o mundo, compartilhando o que têm de melhor: suas próprias histórias e sonhos Saiba mais neste post. P.P.S. Se você quer participar mas não pode ir ao evento, teremos transmissão ao vivo em […]

  45. […] que eu fui um dia, na Brasilândia, que decidi criar o Cartas para o Futuro”, diz Talita, no blog que divulga as ações do projeto. “A ideia não é concentrar o projeto no grupo que estamos […]

  46. […] Tem sido assim no nosso grupo do Cartas para o futuro. […]

  47. […] e pouca gente sabe que é uma grande bomba para o organismo. Das adolescentes do nosso projeto Cartas para o futuro às atrizes globais no Altas Horas, já ouvi ao vivo mulheres de várias idades comentarem que […]

  48. […] Conheça nosso projeto #cartasparaofuturo. Comunidade de mulheres e garotas que mudarão o mundo, compartilhando o que têm de melhor: suas próprias histórias e sonhos. Saiba mais neste post. […]

Comments are closed.

Estatísticas