a vida quer

São duas notícias que li e me fizeram pensar no quanto o preconceito ainda é presente nas sociedades. No geral aqui no Brasil não há um preconceito tão escancarado no cotidiano, mas ainda há, tanto que comerciais como o do fogão cooktop da Continental que traz um casal multirracial curtindo a vida de recém-casados e chama atenção – não lembro agora da marca dos produtos, mas eles e a equipe publicitária merecem destaque pela abordagem natural e simpática.

Infelizmente nem sempre é assim. Na África do Sul uma atriz abandonou uma produção – uma peça infantil que deveria promover a harmonia multirracial – porque tinha que beijar um colega negro, o ator Unathi Dyantyi. Carolyn Forward nega que o motivo seja esse, afirmando que beijar um homem em cena era “não-higiênico” e “inapropriado” para o público a que se destinava (crianças de até 8 anos de idade). O mesmo motivo, higiene, aconteceu na Europa. A britânica Laura Whotton foi proibida de amamentar seu filho de quatro meses na piscina de um clube em Nottingham. O argumento dos donos do lugar foi de que ela estaria violando uma proibição de ingerir alimentos e bebidas à beira da piscina, além de cometer um ato contra a higiene, a saúde e as regras de segurança.

Sinceramente, fico feliz por estar no Brasil, mesmo que aqui haja preconceito enrustido e piadinhas de bom-mau-gosto (ontem cheguei no HPFashion e já me chamaram de prima da Sabrina Sato, como sempre quando estou meio peruinha). Creio que este comportamento mais tolerante pode ser um dos valores que a gente pode exportar junto com soja, jogadores e técnicos de futebol e minério de ferro.

(Quero muito colocar o video ou a foto do comercial para ilustrar o post, quem souber onde eu consigo, avise, please!)

[update] A querida @cyncardoso me enviou link do vídeo da campanha.  Obrigado! [/update]
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas