cidadania

Sei que é sábado, mas peço um favor: vocês me dariam de presente a doação de um update em rede sociais?

É para a Blogagem Coletiva Educação e #trabalhoinfantil e pode ser no instagram, facebook pessoal ou fanpage, Google+ e, claro, nos blogs ou tumblr para quem tem é preferir.

Significará muito para mim.

Estou convidando meus amigos a registrarem sua opinião, suas ideias, suas histórias, relatos de projetos que conhecem, de sonhos que poderiam fazer diferença para o que a campanha “É da nossa conta!” tem como objetivo: transformar o nosso padrão cultural de naturalizar e aceitar o trabalho infantil.

Você pode responder à pergunta:

– Não existe lugar melhor do que a escola para acolher nossas crianças. Mas como fazer esta parceria? Qual sua opinião?

E falar sobre isso numa atualização (post no blog, comentário no seu Facebook, foto no Instagram ou até #repost das imagens do @avidaquer só a indicação deste link) participando da Blogagem Coletiva: Educação e #trabalhoinfantil.

IMG_0596.PNG

O movimento é apartidário, mas eu considerei importante falar do tema hoje, véspera das eleições que definirão os próximos 4 anos do Brasil.

Vamos mostrar que o assunto nos interessa e sonhar que em 2018 a gente terá índices e uma realidade muito mais justa e bonita para comemorar.

Só um pedido: avise a gente aqui neste post sobre seus updates para podermos reunir tudo e mostrar o movimento para todo mundo, ok?

Se tiver dúvidas, leia mais em Vem, gente! É da nossa conta! Blogagem Coletiva: Educação e #trabalhoinfantil.

Você pode gostar também de ler:
Há alguns anos, tive a honra de fazer um "tour" por uma parte do rio
(Foto da Passeata pela Paz - Capão Redondo - São Paulo,
Eu já fui migrante no Japão (como dekassegui), sou neta e bisneta de estrangeiros que
Você via mulheres grávidas, praticamente zumbis humanos, no meio de locais como a Cracolândia e
Hoje teve prova Saresp e os colegas do meu filho no Ensino Médio queriam boicotar
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas