destaque / empreendedorismo / sustentabilidade

desafios de impacto social googgle premio de 1 milhão

Quando passei a integrar o time de “Links” (os apoiadores e entusiastas) do Social Good Brasil, descobri algumas novidades que aproximam iniciativas sociais e o universo tecnológico empresarial que eu desconhecia. Uma delas é que o Google apoia de verdade – não só fazendo *socialwashing* – as ONGs, com ajuda para indexação, adsense e que parte deste trabalho é feito com voluntários que atuam da empresa com a entidade solicitante.

Por isso, quando li sobre o Desafio de Impacto Social #PorUmBrasilMelhor, eu já sabia que valia a pena prestar atenção. O prêmio tem o compromisso de apoiar as ONGs no Brasil que estão trabalhando para solucionar problemas sociais e gerar impacto por meio da tecnologia, repetindo aqui o que já foi feito na Inglaterra e na Índia em 2013. É um concurso que irá premiar projetos e iniciativas das ONGs que usam a tecnologia para solucionar problemas na esfera social.

As inscrições poderão ser feitas até 12/03/2014 e os 10 finalistas serão anunciados no dia 29/04. Jogo rápido, no dia 08/05, os selecionados apresentarão suas ideias para os juízes durante um evento em São Paulo do qual sairão quatro vencedores, incluindo a ONG escolhida pelo voto popular. Cada vencedor receberá um Global Impact Award (Prêmio de Impacto Social Global) no valor de 1 milhão de reais para tirar seus projetos do papel e tornar seus sonhos realidade.

Na teoria, é muito lindo, mas, na prática, como é complicado para as ONGs se organizarem para participar de concursos e prêmios assim. Em primeiro lugar porque, se são mesmo boas no que fazem, acabam focando no trabalho de fato e deixando a parte do “marketing” (de contar o que fazem, de gerir os canais de comunicação) para um depois que nem sempre chega com a mesma qualidade do trabalho com a comunidade. Em segundo lugar porque os prêmios são complicados, os formulários chatos e há muito para resolver no pouco “tempo livre” da organização.

Mas, no caso deste prêmio, gostei de ver de forma simplificada orientações para as ONGs se inscreverem. Notem nas duas questões que reproduzo abaixo como está boa a comunicação:

Se outra organização estiver implementando um conceito similar, ainda podemos submeter a ideia?

Sim, mas, por favor, atente que os projetos serão julgados de acordo com a sua abordagem inovadora e seu potencial de escala. Então, você deverá nos contar como e por que a sua organização é a única susceptível para implementar o conceito do modo que seja mais bem sucedido.

Isso tem que ser uma nova ideia para a minha organização?

Ela não precisa ser nova. Na verdade, pode ser um trabalho já em andamento. Precisamos saber exatamente como o Prêmio de Impacto Social promoverá o seu progresso na implementação e o impacto social.

Se animou ou lembrou de algum projeto super legal que você conhece e merece um destaque e um empurrãozinho (de 1 milhão de reais!)?

Então mãos à obra – ou dedos no teclado!

Você tem até o dia 12/03 para participar. E, após as avaliações feitas por um júri (composto por Jacqueline Fuller, Luciano Huck, Viviane Senna, Josué Gomes da Silva e rapper MV Bill), as 4 iniciativas vencedoras serão premiadas com 1 milhão de reais cada uma.
Participe (ou indique um amigo seu que tenha um bom projeto na área), mais informações aqui desafiosocial.withgoogle.com.

“Mídias Sociais Transformadoras”

livro Mídias Sociais Transformadoras de Beth Kanter - twitter e facebook para ongs

E se o tema lhe interessa, indico a leitura do livro de Beth Kanter, referência no uso de tecnologias pelo terceiro setor e que conheci no Seminário Social Good Brasil de 2013. Kanter defende que no mundo conectado de hoje, as ONGs não podem mais trabalhar sozinhas, elas devem usar a internet para formar redes, trocar ideias e conseguir o apoio de milhões de internautas que querem fazer a sua parte para um mundo mais justo. As organizações não podem mais ser “fortalezas”, se fechando para o mundo exterior. Vale ler também o post com as dicas que Kanter deu para ONGs no VIP Meeting que ocorreu no seminário de 2013. Quer antever como a linguagem dela é direta, eficiente e ao mesmo tempo divertida e atual? Veja no vídeo abaixo:

Você pode gostar também de ler:
Neste ano meu filho mais velho completa 18 anos e - geração Uber - ele
Há alguns anos, tive a honra de fazer um "tour" por uma parte do rio
Já ouviu falar do conceito “Design de energia”? https://www.youtube.com/watch?v=4q8ugvNZyrM   O programa Shizen Global Talent
Nasci em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, região linda do Paraná. E eis que eu,
Você é daquele tipo de consumidor que baseia suas escolhas em valores? Eu sou. Se
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas