Peter Pan e a alegria de viver

Hoje me deparei com um texto da Patricia Konishi, uma professora que eu não conheço e é colaboradora do Desabafo, Uma mãe com síndrome de Peter Pan. Achei engraçado o título, me remeteu imediatamente àqueles livros célebres da década de 1980 de Dan Kiley da Sindrome de Peter Pan e Complexo de Cinderela … na verdade Patricia falava sobre o tempo de brincar e ser criança com a filha e da sensação doída de que ela está crescendo.
Sempre invejei as mães que conseguem brincar com os filhos como se fossem iguais a eles. Minha sogra, que é pedagoga, também consegue esta proeza de deixar no chão e se esconder sob a escada com os netos. Acho lindo, mas não tenho esta habilidade, naturalidade, vontade, sei lá. Algo me falta.
Mas eu sinto a mesma coisa que ela e muitos pais quando tenho “sinais dos tempos”: um dentinho que caiu, a bicicleta que mudou de aro, a piscina grande do clube que agora dá pé... dá uma sensação de que o tempo passou e não aproveitei tudo, mesmo tendo certeza de que eu estava lá, o tempo todo (porque graças a Deus eu tenho estado). Queria que durasse mais, eu tb às vezes queria estar no meio dos meninos perdidos.
Infelizmente, acho que tenho Síndrome de Jane – a continuação do desenho animado da Disney sobre Peter Pan conta que o Capitão Gancho volta a Londres e seqüestra a filha de Wendy por engano. Ela é uma menina que perdeu a infância por conta da guerra (2a guerra mundial) na qual seu pai luta. Ela acaba com os meninos perdidos e depois de muito esforço dele, a mini-adulta recupera a infância e se torna a Primeira Menina Perdida.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.