destaque / educação
diga nao as pequenas corrupcoes

Gosto muito de indicar concursos que têm como foco estudantes, pois creio que é na adolescência que formamos conceitos sobre a aplicação social do que estudamos e é quando podemos confirmar que a teoria tem uma forma de se concretizar e nos trazer algum benefício.

E a busca por benefícios é uma mania do brasileiro, né? Já escrevi aqui sobre a Lei de Gerson e muitas outras coisas que nos fazem perder o foco do que é certo porque buscamos o que é melhor.

Precisamos mudar isso e é com empoderamento juvenil que temos mais chances de avançar. 

Tem uma chance de mostrar um pouco das boas práticas cidadãs para os jovens.

Estudantes da iniciativa pública e privada têm até 31 de agosto para se inscrever na 7ª edição do Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União (CGU), que neste ano tem como tema Pequenas Corrupções – Diga não, numa iniciativa que pretende despertar nas crianças e jovens o interesse por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à cidadania, além de estimular o debate desses temas nos ambientes educacionais.

  • Ao todo, são quatro categorias (Desenho, Redação I, Redação II e Redação III) que oferecerão prêmios aos três melhores trabalhos de cada série, contemplando aluno e professor responsável pela orientação da atividade. Já na categoria “Escola-cidadã” serão premiadas as três melhores estratégias promovidas para debater o tema.
  • Na categoria “Desenho”, poderão participar alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Enquanto na categoria “Redação”, poderão participar alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, incluindo alunos matriculados na modalidade jovens e adultos (EJA).
  • Os alunos de cada série que ficarem em primeiro lugar nas quatro categorias receberão um netbook. Os que ficarem em segundo lugar receberão um tablet, e os que ficarem com a terceira colocação, um smartphone. Todos vão receber também certificado e reconhecimento da CGU. Os professores responsáveis pelos alunos premiados com o primeiro lugar também receberão um leitor de livro digital, além de certificado e reconhecimento da Controladoria.

Pequenas corrupções — Diga Não

O tema escolhido para o concurso neste ano foi inspirado na campanha “Pequenas Corrupções – Diga Não”, lançada nas redes sociais da Controladoria-Geral da União em 2014. As peças da campanha são um estímulo para reflexão sobre práticas comuns no dia-a-dia dos brasileiros, como falsificar carteirinha de estudante; roubar TV a cabo; comprar produtos piratas; furar fila; tentar subornar o guarda de trânsito para evitar multas; entre outras.

  • Na última edição do Concurso de Desenho e Redação, cujo tema foi “Acesso à Informação: Um Direito de Todos”, os primeiros colocados de cada categoria receberam certificado de premiação e um netbook; os segundos colocados, certificado e um tablet; e os terceiros, certificado e um smartphone. Os professores dos primeiros colocados ganharam um leitor de livro digital (e-Reader).
  • A edição do concurso em 2014 mobilizou cerca de 200 mil alunos e sete mil professores, em 594 municípios de todo o país. Os participantes produziram desenhos e redações criativas e as escolas desenvolveram planos de ação que mobilizaram toda a comunidade.

Como participar

  • As instituições e escolas interessadas em participar devem acessar o Portalzinho da Criança Cidadã, onde estão disponíveis o regulamento do concurso, a ficha de participação da escola, a ficha de identificação do trabalho selecionado e os formulários de realização dos trabalhos. Eles podem ser enviados por correio ou por meio de formulário eletrônico.
  • As escolas e os professores deverão desenvolver estratégias de sensibilização e mobilização para debater o tema com os alunos. O trabalho submetido ao concurso deve obrigatoriamente ser realizado em sala de aula; ser confeccionado no formulário padrão, preenchido com todas as informações solicitadas; abordar o tema “Pequenas corrupções – diga não”; ser realizado individualmente; ser inédito e original.
  • A redação deverá ter no mínimo 20 e no máximo 30 linhas.
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas