sustentabilidade

Tenho um carinho imenso pelo Papo de Empreendedor, blog produzido pela equipe da revista PEGN. Há dois anos ministrei um curso para eles, ensinando o uso de ferramentas e de técnicas de mídia social para a redação toda, de forma que eles fizessem do blog um espaço de conversa e não de discurso.

(A conversa é o que carateriza a mídia social, o discurso é aquele que lemos, ouvimos ou vemos na mídia tradicional, diante da qual nos resta pouco senão calar ou deixar para comentar depois)

Nesta semana o pessoal listou lá algumas dicas bem simples podem ser o primeiro passo para tornar o seu negócio mais verde e consciente:

  • Substitua as lâmpadas: Você sabia que trocar as lâmpadas convencionais pelas de baixo consumo energético pode diminuir em 45% os seus gastos com iluminação? Além disso, elas funcionam por mais tempo e emitem menos CO2 do que as lâmpadas incandescentes.
  • Dê preferência a fornecedores locais: A ação é benéfica porque incentiva o desenvolvimento de regiões fora dos grandes centros, o que dinamiza a economia local, e diminui os danos causados pelo transporte de cargas entre longas distâncias. É importante escolher fornecedores que também atendam a políticas de responsabilidade ambiental.
  • Opte por embalagens de materiais recicláveis: Substitua as sacolas plásticas, que demoram 300 anos para se decompor, por eco bags, modelos reutilizáveis que podem ser adquiridos por consumidores e reaproveitados diversas vezes.
  • Crie o hábito de desligar equipamentos: Aparelhos ligados sem uso são responsáveis por cerca de 30% dos gastos das empresas com energia. Muitas vezes, ar condicionado, computador e luzes permanecem ligados por pura displicência.
  • Instrua os funcionários: Conscientizar funcionários faz com que eles abracem as causas da empresa e incorporem atitudes menos predatórias mesmo quando não estão no ambiente de trabalho.
  • Monte um projeto de sustentabilidade: O plano o ajudará a criar ações a curto e longo prazo, a verificar resultados e a ter novas ideias. Envolva toda a equipe e deixe um gestor responsável pelo cumprimento das metas estabelecidas.

P.S. Se você gosta do tema, vale ler (em inglês) How to become a green company.

Você pode gostar também de ler:
Neste ano meu filho mais velho completa 18 anos e - geração Uber - ele
Há alguns anos, tive a honra de fazer um "tour" por uma parte do rio
Já ouviu falar do conceito “Design de energia”? https://www.youtube.com/watch?v=4q8ugvNZyrM   O programa Shizen Global Talent
Nasci em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, região linda do Paraná. E eis que eu,
Você é daquele tipo de consumidor que baseia suas escolhas em valores? Eu sou. Se
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas