Peles vermelhas na Caixa Cultural

Serão as populações indígenas das Américas semelhantes o suficiente para integrar um mesmo espaço? Brasil e Estados Unidos estão juntos numa exposição na Caixa Cultural (Praça da Sé, 111, São Paulo, SP) que reune o trabalho de dois dos mais renomados fotógrafos mundiais na temática indígena, o norte-americano Edward Curtis e suíça naturalizada brasileira Claudia Andujar.

“O índio permeia a história norte-americana tanto quanto faz parte dos valores culturais e sociais que formam a identidade brasileira”,  explica João Kulcsár, curador das duas exposições. Em “Retratos Yanomami” apresenta 28 fotografias de Andujar que transpõem a temática indígena para a realidade brasileira e retrata a luta do povo Yanomami pela preservação.

“Legado Sagrado” apresenta 60 fotografias de Curtis, pioneiro em revelar os costumes dos índios norte-americanos, que mostra a sua arte no retrato e na paisagem, tanto em passagens da vida cotidiana como nos rituais indígenas. A exposição, criada pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, mostra ao visitante a ampla diversidade das tribos norte-americanas utilizando-se do acervo de Christopher Cardozo.

Os detalhes da programação estão aqui.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook