a vida quer

samegui-gilberto-gil-campus-party-2009

Sou fã do Gil, quem me conhece sabe. E meu marido, que desde namorado ouve por tabela as músicas comigo, sabe melhor ainda (coitado!) porque viaja ouvindo as músicas sendo cantadas por mim. E eis que hoje quando fomos almoçar na praça de alimentação da Campus Party demos de cara com o Gilberto Gil sendo entrevistado. Quando a entrevista acabou, pessoas pediram fotos e o Gui me provocou para eu tirar foto com ele. E como podem ver, ambos ficamos muito felizes com a foto! (huahauha)

(detalhe, morro de vergonha de incomodar pessoas famosas pedindo para tirar foto e o único autógrafo da minha vida pedi ao Dinho Ouro Preto quando tinha 15 anos) 

Tirei a foto com muita vergonha e uma música em especial não me saiu da cabeça: Pela Internet, do CD Quanta (um dos meus favoritos) e que era um prognóstico do que a internet significaria nas nossas vidas. Tem tudo a ver com o lugar e a situação onde o vi.  E a época do lançamento do CD, em 1997, vi entrevistas contando do texto do físico Cesar Lattes no encarte contando das correções que fez na letra de Ciência e Arte do álbum (premiado com o Grammy na categoria World Music naquele ano). Gil cantava , ainda que sem toda precisão científica, as maravilhas da física moderna. E eu, que acabara de ler várias obras de Fritjof Capra, gamei. Pensem no que ele falou doze anos atrás, quando a internet engatinhava. 

Fazer minha home-page

Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleje …

Que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante
Da infomaré
Que leve um oriki
Do meu velho orixá
Ao pôrto de um disquete
De um micro em Taipé…

Um barco que veleje
Nesse infomar
Que aproveite a vazante
Da infomaré
Que leve meu e-mail lá
Até Calcutá
Depois de um hot-link
Num site de Helsinque
Para abastecer
Aihê! Aihê! Aihê!…

Eu quero entrar na rêde
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tiétes
De Connecticut
Eu quero tá na rêde
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tiétes
De Connecticut…

De Connecticut de acessar
O chefe da Mac
Milícia de Milão
Um hacker mafioso
Acaba de soltar
Um vírus prá atacar
Programas no Japão…

Eu quero entrar na rêde
Prá contactar
Os lares do Nepal
Os bares do Gabão…

Que o chefe da polícia
Carioca, avisa
Pelo celular
Que lá na praça Onze
Tem um videopôquer
Para se jogar…

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas