Paisagem e panoramas na Pinacoteca

divjorn0603b

De 07 de março a 13 de setembro de 2009 a Pinacoteca do Estado de São Paulo apresenta exposição com cerca de 60 obras integrantes de seu acervo, a Coleção Brasiliana – Fundação Estudar, e também com a participação de coleções. A mostra revela um olhar mais detalhado sobre o trabalho de alguns artistas-viajantes, no contexto da produção de paisagens que propiciem vistas em panorama. Aproveite a visita e conheça também a obra do grupo Delenguaamano na exposição Monumetria. O grupo é formado por Gilberto Mariotti (1973, São Paulo –SP), Néstor Gutierrez (1980, Sobral – SP) e Santiago Reyes (1986, Bogotá – Colômbia) e traz para esta mostra quatro módulos que integram Imagem, Painel (pinturas, esculturas, fotografias, documentos etc), Moldes e Cartões Postais, questionando a re-significação do patrimônio histórico e cultural e seus desdobramentos na produção de memória. Em cartaz de 07 de março a 31 de maio de 2009.

Até  29 de março de 2009 é possível conferir o trabalho do grupo Chelpa Ferro (formado por Barrão, Luiz Zerbini e Sergio Mekler), criado especialmente para o projeto Octógono Arte Contemporânea. A instalação apresenta uma programação musical em grandes caixas de som que sobem e descem, num movimento contínuo, durante oito horas, provocando audições diferenciadas em cada patamar.

Há ainda uma exposição educativa com cerca de 140 trabalhos, realizados em oficinas de arte desenvolvidas pelo museu em duas casas de convivência para pessoas em situação de rua, do centro da cidade de São Paulo, em cartaz de 07 de março a 26 de abril de 2009. E acesso à Galeria Tátil de Esculturas Brasileiras, com 12 obras localizadas no segundo andar do museu e especialmente elaboradas para que visitantes com deficiências visuais possam apreciá-las de forma autônoma, tocando-as e recebendo informações por meio de etiquetas e textos em dupla leitura (tinta e Braille), além de áudio-guia. De 07 de março de 2009 a 30 de dezembro de 2010.

Estou indo com a família lá para conferir o último final de semana de Margaret Mee – 100 anos de vida e obra, exposição com cerca de 100 obras de uma das mais importantes artistas e ilustradoras botânicas do século XX, que traduziu o deslumbramento pelas flores brasileiras em requintadas aquarelas.

Serviço:

  • Pinacoteca do Estado
  • Praça da Luz, 2 – fone 11 3324.1000
  • Aberta de terça a domingo, das 10 às 18h
  • Ingressos a R$ R$ 4,00 e entrada livre aos sábados


Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook