cultura web / educação / mãe

Como é o mercado das novas mídias no nordeste do Brasil?

Creio que depois do fenômeno da Luisa no Canadá todo mundo se perguntou como os virais, as notícias sérias e as novidades tecnológicas estão sendo recebidas Brasil afora, mas especialmente no Norte e Nordeste, que têm uma cultura viva, mas também muito diferente do modelo do sudeste.

20120315-203207.jpg

A partir desta quarta-feira eu e uma porção de players de mídia social de todo país estaremos reunidos em Fortaleza para pensar, falar, elocubrar e profetizar sobre o tema no Desencontro, evento de mídias sociais que acontece pela segunda vez na capital cearense e que tira o debate sobre os negócios da web 2.0 do famoso eixo Rio-SP.

Estou em Sampa, mas sou do sul e sei que as coisas ainda parecem acontecer só onde estão as grandes agências e as empresas maiores têm suas sedes. Mas não é bem assim (felizmente!) e me agrada saber que estaremos lá para mostrar vários sotaques e muitas visões da forma como as mídias sociais se firmam no nosso país.

20120327-212435.jpg

Neste ano, tive a honra de ser convidada pelo curador do evento Alexandre Inagaki para moderar o painel “Pais, Filhos e a Educação 2.0“. Estarei lá em nome do A Vida como a Vida Quer com Elisa Araújo (Crianças & Mídia), Humberto Oliveira (O Buteco da Net), Paula Naddaf (Desde a Barriga), AJ Freire (@NerdPai) e Maísa Vasconcelos (TV Diário), conversando sobre a realidade que nós, pais, vivenciamos no cotidiano, além de divagar sobre as expectativas que temos como produtores de conteúdo, todos heavy users e early adopters das tecnologias que estão mudando a educação em ritmo acelerado e incessante.

Escolas já começaram a trocar livros e cadernos de papel por tablets. Neste cenário em que a internet é uma enciclopédia quase infinita de conhecimentos, mas também de boatos, bobagens e pornografias, como educar jovens a filtrarem o que há de bom na rede? Blogs e redes sociais como Twitter, Instagram e Tumblr podem ser usadas para disseminar conteúdos educacionais? Quando a privacidade caminha para se tornar um conceito quase abstrato, como prevenir filhos dos riscos e consequências do “sexting” e dos atos de compartilhar fotos, vídeos e informações pessoais em ambientes virtuais?

Como podem ver no vídeo, o Desencontro é um evento fora do padrão da tecnologia e dos negócios, mas que promete levar a espontaneidade e a irreverência criativa das novas mídias para Fortaleza de 29 a 31 de março.

A programação é tão variada que com certeza você vai encontrar alguma coisa muito interessante para assistir ao vivo (se estiver lá) ou acompanhar por streaming neste link.

Acompanhe também no Twitter | Facebook | Site.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas