OSESP no Parque Villa-Lobos ou Sertanejo Pop na Chácara Joquei? Que tal os dois?

Se faltava algo para eu comprovar como sou versátil, depois deste final de semana vai faltar pouco! A agenda de compromissos culturais que assumi está cheia e uma diversidade só!

coro infantil da osesp http://pracavictorcivita.abril.com.br/noticias/conteudo_392667.shtml

Nesta tarde tem teatro infantil – Minha Mais que Amiga Árvore – e depois Sertanejo Pop Festival na Chácara do Jockey. Pois é, eu tenho este lado interiorano, sempre comento né? Tá certo que não tenho hábito de ouvir música sertaneja no carro ou em casa, mas se toca eu danço e canto. Coisa que só quem cresceu no interiorzão entende… a gente acostuma tanto a ir a festas onde tem uma moda de viola que absorve. E Gui, criado no sul, encara bem uma música mais gauchesca (tem que ver a gente dançando vanerão!), mas já teve bons amigos que gostavam do sertanejo, o que nos fez conhecer (bem) as músicas que recriaram este estilo na década de 1990 (com os Amigos dos shows globais, lembram?). Com convite VIP do Serenata de Amor hoje vou conhecer uns caras novos – João Neto & Frederico, Guilherme & Santiago, Maria Cecília & Rodolfo, João Bosco & Vinícius, Michel Teló, Hugo Pena & Gabriel, Luan Santana, Fernando & Sorocaba –  e rever Chitãozinho e Xororó, meus conterrâneos lá do norte do Paraná. 😉

E no domingo, ao meio dia, tem OSESP no Parque Villa-Lobos. Meus pais estarão aqui e vai ser maravilhoso poder curtir com eles e com Gui e os meninos a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (@Osesp) em uma apresentação gratuita, oferecida pelo Unibanco, no Parque Villa-Lobos. Ganhei do Itaú Unibanco convites especiais que dão acesso ao lounge e sei que tanto meus “velhinhos” quanto meus filhotinhos vão aproveitar, apesar do horário que, em caso de sol, será sacrificado – e aqui entra o tal lounge com sofás, lanchinhos e água!

E vejam só, música erudita com expectativa de grande público: espera-se 15 mil pessoas para ouvir o espetáculo que terá regência do diretor artístico da orquestra, o maestro John Neschling e como solistas convidados os violinistas Cláudio Cruz e Emmanuele Baldini, spallas da própria orquestra. O concerto terá em seu programa as seguintes obras: Reisado do Pastoreio: Batuque, de Oscar Lorenzo Fernandez; Estância, Op.8a: Malambo, de Alberto Ginastera; Fantasia de Carmen, Op.25, de Pablo de Sarasate; Bolero, de Maurice Ravel; Introdução e Rondó caprichoso, Op.28, de Camille Saint-Saëns; Romeu e Julieta: Abertura Fantasia, de Tchaikovsky e Choros nº 10 – Rasga o Coração (com coro), de Heitor Villa-Lobos.

Vamos tentar chegar mais cedo porque acho que os meninos vão gostar das apresentações do Coro Infantil (sob regência de Teruo Yoshida), do Coro Juvenil e do Coro da Osesp, regidos por Naomi Munakata, além da participação de alunos da Academia da Osesp, a partir das 10 horas. Além dos concertos, haverá um espaço lúdico dedicado à produção artística, onde as crianças poderão experimentar diversos materiais, construção de brinquedos e instrumentos musicais com sucata, desenho, colagem, máscaras e modelagem com temas relacionados à música. Quer mais? Tem promessa de brinquedoteca, pintura facial, casinha miniatura, academia de música e contadores de histórias.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook