Os três erres para um Natal mais amoroso

Ontem à noite, em reflexões natalinas em família, fizemos um acordo que eu imaginei ser para ele, mas vou seguir também:

Reduzir a raiva
Reciclar os sentimentos
Reutilizar a energia

Ele anda estouradinho – e quem não fica no final de ano, né? – e entramos neste papo que rendeu uma fórmula bonita para a vida. Não sou muito boa de mensagens em datas especiais, porque, como sabem, meu lema é “A vida é o que acontece enquanto fazemos planos para o futuro”, então os três erres que adotamos ficam como minha promessa de final de ano e meu desejo para um mundo melhor em 2010.

E como a frase que adoro é de John Lennon, fica esta que eu considero a melhor música de Natal de todos os tempos.

🙂

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook