sustentabilidade

Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), a geração de REEE no mundo cresce cerca de 40 milhões de toneladas por ano, dos quais 80% acabam em países em desenvolvimento e são responsáveis por 70% dos metais pesados encontrados nos aterros e lixões, que acabam por contaminar solos e recursos hídricos. O Brasil está entre os países que mais descartam televisores – 700g/habitante/ano – ficando atrás de México e China.

O celular velho, com carregador e fone de ouvido está lá na gaveta da escrivaninha porque não quer jogar no lixo normal nem sabe onde pode descartar este tipo de lixo eletrônico?

Soube que neste final de semana, 02 e 03/06, São Paulo terá 26 postos de coleta deste tipo de resíduo, instalados em bairros de São Paulo e também no ABC, mais um um caminhão itinerante que percorrerá as demais regiões não abrangidas por esses postos fixos.

A ação, que faz parte da Virada Sustentável 2012, integra o Programa de Logística Reversa de Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos (REEE) coordenado pela ABRELPE, que desde 2011 já arrecadou e deu destino adequado há mais de 150 toneladas de lixo eletrônico.

“Trata-se de uma iniciativa pioneira, que já está consolidada na cidade de São Paulo. Só na Virada do ano passado, em parceria com a Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas da Cidade de São Paulo, tivemos oito pontos na cidade e arrecadamos 27 toneladas de lixo eletrônico. Para a edição deste ano, a expectativa é mais que dobrar a quantidade, chegando a 60 toneladas”, declara Carlos Silva Filho, diretor executivo da entidade.

Mas afinal o que pode ser considerado lixo eletrônico?

Equipamentos como televisores, computadores, celulares, impressoras, câmeras fotográficas e filmadoras, CD players, eletrodomésticos em geral.

Do total de lixo eletrônico já arrecadado pelo Programa de Logística Reversa de REEE, 42% são produtos de informática, 23%; eletrodomésticos portáteis; 14%, equipamentos de áudio e vídeo; 12%, telefones e 3%, pilhas e baterias. Os 6% restantes dizem respeito a outros tipos de aparelhos.

E porque não pode ir para o lixo comum?

Por conter metais pesados como chumbo, cádmio e mercúrio, esse tipo de resíduo demanda um processo de gerenciamento e destinação diferenciados para que não cause danos ao meio ambiente e à saúde pública.

P.S. O ciclovivo listou os endereços de entrega para este final de semana, 02 e 03/06/2012, em São Paulo. Veja na imagem:

Você pode gostar também de ler:
Lembram-se do filme Uma noite no museu? Inspirado na ideia, o Serviço Educativo do Museu
Quando as novas regras para o transporte de crianças entraram em vigor festejei e apoiei a iniciativa
Nesta manhã estarei num evento que debate o que considero ser o coração deste blog:
Os pintores impressionistas encontram na cidade de Paris o grande emblema da modernidade. Mesmo quem
Mania de muita gente, o uso de filtros para as imagens que compartilhamos na internet
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas