#ad / mãe

O que tem de tão especial no Natal? Creio que o que se chama de “Advento”, o tempo de espera (uma contagem regressiva) para reunir os queridos e celebrar o presente que toda humanidade ganhou e que há séculos se instituiu ser no dia 25 de dezembro é um dos pontos mágicos do Natal. Há quem veja este presente com outros olhos e tradições, mas mesmo quando muda a forma como a religião que adotamos (ou não adotamos) conta desta data próxima do final do ciclo anual, a magia do Natal persiste e nos permite ver o mundo com olhos esperançosos e crentes da infância.

Não cresci “acreditando” em Papai Noel, com aquele “tio gordo” se fantasiando e deixando presentes sob a árvore, sempre tivemos ciência de que vários “papais noéis” nos presenteavam e agradecíamos a cada um deles ao longo do ano. Por conta disso, quando tive meus filhos, nem pensei em criar esta fantasia. Até que, quando o mais velho tinha 4 anos (e o pequeno 1 ano e meio) uma tia do meu marido quis levar os dois para ver “a casa do Papai Noel” num shopping. Era uma casa completa e o casal Noel nos recebia lá, atores muito bem caracterizados, simpáticos e gentis. Na volta para casa, meu filho contou aos avós e tios que “a mamãe não acreditava em Papai Noel porque não sabia onde ele morava”… além de descobrir onde ele morava, descobri que a Magia do Natal nasce com as crianças e pode se manter viva em nós, independente das crenças e das tradições que criemos em família.

Lembrei com carinho e emoção desta historinha familiar quando vi o vídeo abaixo que mostra crianças interagindo com o bom velhinho por telefone.

Vejam que gracinha: para resgatar a magia do Natal, um dos sonhos de toda criança, falar com Papai Noel, se realizou nas calçadas do Rio de Janeiro. Ao passar por lá, elas eram convidadas a participar da brincadeira e do outro lado da linha, estavam verdadeiros bons velhinhos: atores aposentados do Retiro dos Artistas assumiam o papel (um deles é este da foto que abre o post). Além do inusitado da conversa, as crianças foram surpreendidas por duendes, presentes e diversos momentos especiais. Para completar, uma projeção feita na fachada do prédio do Oi Futuro mostrava uma estrela brilhante formar uma árvore de natal. A ação também contou com a presença de um coral da comunidade do Cantagalo (veja na foto abaixo e ouça no vídeo) e teve neve fictícia, tornando o momento mais mágico.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas