Brincando de Charlie e Lola

[update]
Se você está procurando informações da peça de teatro de Charlie e Lola no Brasil, visite este post: Charlie e Lola: a peça – da tv para o teatro
[/update]

charlie+e+lola:+dando+uma+ajudinha

Horário de verão num domingo de inverno e estamos saindo para levar o Giorgio ao oftalmologista (o olho que teve a pálpebra reconstruída está bem inchado e o globo ocular vermelhíssimo) e se nao for nada grave vamos à oficina de brincadeira na Cultura do Conjunto Nacional.

Neste domingo um arte-educador conduzirá as crianças em brincadeiras infantis para que se divirtam como os irmãos Charlie e Lola, assim brincando vão aprendendo a se relacionar com os outros e a resolver conflitos comuns na infância.

Se seu filho ou filha também é fanático por estes irmãozinhos encatadores, é uma dica valiosa. Giorgio adora a Lola, uma menina que faz perguntas sobre o mundo com uma visão muito parecida com a dele e tem uma convivência muito amorosa com o irmão mais velho, Charlie. Até o amigo imaginário Soren Lorensen faz parte do nosso cotidiano! Há alguns meses comprei livros da dupla para ele e nos divertimos colando os stickers e mudando a história juntos. Gostamos muito do Eu nunca vou comer um tomate, que ajuda muito nas conversas de alimentação saudável, e de Eu sou muito pequena para escola já foi importante para nós em certa fase da vida do Gio.

Serviço:

  • O que: Oficina de brincadeiras – Charlie e Lola
  • Quando:19 de outubro às 14h
  • Onde: Livraria Cultura Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2073 – São Paulo/SP
  • Quanto: gratuito
  • Para quem: recomendada para crianças de 3 a 7 anos de idade
😀
P.S. Pareço uma viciada naquele lugar, ontem estive lá por horas no final da tarde para uma reunião e hoje lá vou eu de novo! Aliás, o dia ontem foi fantástico, começando com o café da manhã no Starbucks com @smiletic (ela levou a fofa da filha Carol, uma verdadeira nativa digital aos 5 anos!), @lidifaria@kakah, @prialves, @anarina e @_juliane. O encontro foi clicado por @poperotico que chegou no final, mas em tempo de se juntar a nós também nas fotos no Rosa Móvel do Outubro Rosa (que estava no Vão Livre do Masp) e de nos conduzir à Beneficência Portuguesa onde fomos doar sangue. Quer dizer, tentamos, mas tudo isso é assunto para um outro post!
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook