Oceano: vida escondida

oceano-vida-escondida.JPG

Ontem deixei aqui um programa para meninas, hoje fica um mais parecido com meus pequenos cientistas: Oceano: vida escondida. Em passeios como este, quem fica de guarda-costas (coadjuvante quase nula, pela falta de conhecimento ou interesse genuíno) sou eu. E eles adoram! Pena que demorei para ver esta exposição e que hoje não tem como chegar na Estação Ciência, porque tem jogo do Palmeiras e São Paulo no Parque Antártica (que fica na região), mas sorte que foi prorrogado até dia 8 de junho.

Dois detalhes super interessantes da exposição fotográfica: no site (com formato blog com direito a rss feed) tem várias imagens da mostra para baixar em boa resolução (tudo sob uma licença Creative Commons) e há um blog com notícias do evento. São imagens inéditas de corais, águas-vivas e outros organismos marinhos de rara beleza estética. Vale lembrar que estes seres dificilmente são vistos fora do meio científico, como você pode ver nas fotos inusitadas. Para saber mais há um texto de divulgação intitulado “Vida escondida” publicado no Boletim “O Telescópio” da Estação Ciência. Leia em PDF.

Serviço:

  • Estação Ciência
  • R. Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo, (11) 3673-7022
  • De 8 de Março de 2008 a 11 de junho de 2008
  • Horários: terças a sextas das 8h às 18h. Sábado, domingo e feriados das 9h às 18h.
  • Entrada: R$ 2,00 (estudantes adultos e crianças acima de 6 anos), R$ 5,00 (famílias até 4 pessoas) e R$ 1,00 (por pessoa para famílias com mais de 4 pessoas) Super simpático isto! 🙂
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook