destaque / sustentabilidade

A gente estabelece metas, prazos e tenta cumprir, né? Não raro, infelizmente, precisamos redefinir tudo para conseguir fazer o que desejávamos.

Imagine que coisa boa é quando uma meta é atingida antes.

Agora calcule se for com cinco anos de antecedência!

coke_0

No final de agosto de 2015, a Coca-Cola Company anunciou que alcançará a meta de 100% de reposição de água até o final de 2015. A notícia já é boa para o meio ambiente (não só por ser uma mega companhia global, mas porque ela acaba influenciando positivamente outras companhias, concorrentes ou parcerias), mas tem um plus: no Brasil, a Coca-Cola já é neutra em água desde 2013, tendo sido capaz de repor 100% da água utilizada no processo produtivo, dois anos antes do anúncio global.

Não há recurso mais precioso para a vida humana e para a saúde de nossos ecossistemas e economias globais que a água.

Mas como assim, 100%?

Desde 2010 eu acompanho o trabalho incessante da companhia, que já devolve para o meio ambiente 94% dos recursos hídricos utilizados em seus processos de fabricação. E por isso aprendi a entender a conta:

O cálculo leva em consideração o total de litros de água utilizada no processo de fabricação das bebidas e os litros de água gerados ou retidos na natureza relativos aos investimentos socioambientais da companhia. Com base nos projetos de reposição de água da Coca-Cola em todo o mundo, o sistema está compensando o equivalente a 94% da água utilizada em suas bebidas. Desde 2004, a Coca-Cola devolveu bilhões de litros de água às comunidades e à natureza através de 209 projetos hídricos comunitários em 61 países. Estes esforços combinados colocam a Coca-Cola a caminho de tornar-se a primeira empresa global de alimentos e bebidas a devolver toda a água que utiliza na produção.

Veja o que a Coca-Cola diz:

  • a reposição é feita em projetos de reposição, aumentando a eficiência no uso da água em suas fábricas e devolvendo água para bacias hidrográficas e municípios por meio do tratamento de águas residuais
  • uma vez definidos os projetos, a companhia e seus fabricantes trabalham para garantir que permaneçam sustentáveis dentro das comunidades ao longo do tempo e continuem a repor água.
  • estes esforços, bem como novos projetos, abordam as vulnerabilidades dos mananciais locais e compensam o volume adicional de vendas
  • a The Nature Conservancy (TNC) foi um parceiro na concepção da metodologia para quantificar os esforços de reposição de água da Coca-Cola.
  • Replenish Africa Initiative (RAIN) e The Coca-Cola Africa Foundation atuam na parceria com as seguintes organizações: Global Environment & Technology Foundation (GETF), United States Agency for International Development (USAID), Water and Sanitation for the Urban Poor (WSUP), Millennium Challenge Corporation, WaterAid, Water for People, e com outras organizações e governos locais para levar água potável segura para cerca de seis milhões de habitantes da África até 2020.
  • Every Drop Matters atua com a Coca-Cola e com United Nations Development Programme (UNDP).

 

E no Brasil, como funciona?

  • a empresa reduziu em 25% o consumo específico de água nas suas fábricas, nos últimos 12 anos. Para produzir um litro de bebida, a Coca-Cola Brasil utiliza, em média, 1,86 litro de água (incluindo o volume do produto)
  • O índice brasileiro é comparável aos de países como Portugal, Alemanha, Canadá, Espanha e Itália. A meta da Coca-Cola Brasil é chegar a 1,70 litro de água utilizada a cada litro de bebida produzido, até 2020
  • um dos projetos para a empresa alcançar a meta no Brasil foi o Programa Bolsa Floresta. Implementado em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável, o projeto garante a “floresta em pé” por meio de geração de renda para 40 mil beneficiários em 15 comunidades ribeirinhas do Amazonas. A manutenção da Floresta permite a geração e a retenção dos recursos hídricos na Bacia Amazônica, uma das mais importantes do Mundo

“A eficiência na gestão hídrica e o desenvolvimento de programas de geração e retenção de água em bacias hidrográficas possibilitaram que a empresa atingisse a neutralidade ainda 2013. Com isso, garantimos a reposição, no meio ambiente, de 100% do volume de água utilizado em nosso processo produtivo. Continuaremos trabalhando para desenvolver e aprimorar as boas práticas na gestão desse recurso, tão fundamental para sociedade e para o nosso negócio”, conta Pedro Massa, Diretor de Valor Compartilhado da Coca-Cola Brasil.

 

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas