O Pequeno Príncipe na Oca

Eu O Pequeno Príncipe é muito especial na minha vida eu já contei, né? É o primeiro filme que lembro de ver no cinema  (The Little Prince, 1974) com minha mãe, fã do autor, que sempre relacionou momentos da minha infância com mensagens do livro. Quando comecei a estudar francês Le Petit Prince foi também dos primeiros livros que eu li, seguido de outros de Exupéry.

Bom, neste Ano da França no Brasil uma das maiores expectativas era com a exposição “O Pequeno Príncipe na Oca, que abre no dia 22/10 e fica até 20/12 (aberta ao público das terças a sextas-feiras, das 9 às 19 horas, e das 10 às 20 horas nos finais de semana e feriados)  na capital paulista. Hoje tem uma cerimônia de abertura especial, reservada a convidados, a partir das 19h30.

Você não entende porque tanto furor com esta obra que tem 66 anos de sucesso?

“A obra de Antoine de Saint-Exupéry é uma lembrança marcante na vida de muitas pessoas. Trata-se de um livro que podemos ler de dez anos em dez anos, tamanha sua universalidade e sensibilidade. Era essencial que o Ano da França no Brasil tivesse, entre seus eventos, uma homenagem ao Pequeno Príncipe, que é uma poética representação da criança que existe dentro de cada um de nós”, afirmou o diretor de Relações Internacionais do Ministério da Cultura, Marcelo Dantas.

Foto de Dani Lancellotti
Foto de Dani Lancellotti

A exposição na Oca (Parque do Ibirapuera, s/n – Portão 3 – Pavilhão Lucas Nogueira Garcez, São Paulo, SP) tem 10 mil metros quadrados com materiais inéditos até mesmo na França, começando por uma pequena Paris (cidade natal do escritor), seguida por 15 cenários que permitem ao visitante imaginar-se na obra e terminando com um convite para que cada criança  deixe sua mensagem escrita em uma estrela, “plantada” nos galhos de uma árvore. As estrelas serão colhidas por educadores, que as encaminharão ao programa “Passaporte do Cidadão Global”, projeto idealizado pela Associação Arte sem Fronteiras.

Se você ainda não leu ou quer reler a obra, tem algumas versões sendo lançadas agora:

pequeno-principe1

O Pequeno Príncipe voltou à nossa vida recentemente, com o livro que a vovó Ita deu para o Giorgio no Natal e uma adaptação da obra de Antoine de Saint-Exupéry (de Joann Sfar, da Agir, que tem hotsite aqui) que conta, em formato de quadrinhos mas numa bela edição de luxo, a história que encanta gerações. E vale ler também Outra leitura para o Pequeno Príncipe.

P.S. Este video, do filme que comentei no início, é legal porque mescla uma das cenas do filme com uma música do Michael Jackson e faz referência ao moonwalk!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook