educação / sustentabilidade

“Conhecer a realidade é o primeiro passo para planejar e estruturar estratégias de ação, avaliar e promover melhorias significativas e eficazes.” Wanda Engel, presidente do Instituto Unibanco

Bomba-relógio - pesquisas revelam o que prejudica os alunos do ensino médio

Não é de hoje que eu acompanho notícias de educação e estou sempre atenta ao movimento da sociedade civil se organizando para cuidar melhor das crianças e jovens. É nesta linha que sou voluntária do Todos Para Educação, que faço posts por aqui e que hoje eu anuncio que o @avidaquer é um dos apoiadores oficiais da blogagem coletiva no dia do estudante, que acontece no 11/08 e vai mobilizar as redes sociais com o mote de que “Estudar Vale a Pena”, tema que é também o nome da campanha que o Instituto Unibanco desenvolve em escolas públicas de Ensino Médio.

A ideia é estimular a sociedade em geral e formadores de opinião a dizer por que o estudo foi importante em suas vidas, repetindo a ação que é feita em escolas públicas O movimento é um convite do IU que tem uma série de metodologias em seu programa de voluntariado, que é focado no ensino médio e no combate à evasão escolar nesta fase no ensino público.

Os dados acerca da evasão escolar são tão alarmantes que podem ser comparados a uma bomba-relógio, prestes a explodir porque é um processo que vulnerabiliza o estudante aos poucos e tem seu extremo no ensino médio. Trata-se de um processo, é verdade, começando no baixo desempenho escolar no Ensino Fundamental que se tornará um fardo pesado demais para boa parte dos alunos que chegarão ao ensino médio. Estudos mostram que de cada 100 desses jovens, 25 abandonarão a escola logo no primeiro ano.

Parece uma notícia apocalítica e distante? Mas sua repercussão chegará a cada um de nós.

No dia 01/08/2011 o Jornal Hoje dava conta de que o percentual de alunos do Ensino Fundamental que não está na série adequada para a idade voltou a crescer nos últimos dois anos. Dados do Ministério da Educação mostram que em 2010 o percentual chegou a 23,6%, ou cerca de sete milhões de alunos. Em 2008, estava em 22,1%. E estas são as crianças que não seguem em frente, mas há outras que seguem, aos trancos e barrancos, tendo suas dificuldades escolares escamoteadas pelo sistema e refletidas no futuro, geralmente no Ensino Médio e nos primeiros empregos.

Registro do encontro com Wanda Engel, privilégio que compartilhei com ativistas sociais da web: @marcogomes @talitaribeiro @leandro_ogalha @tuliomalaspina @clauchow @anamariacoelho @smiletic @paulolima @pecaogru @gnsbrasil @alinekelly

“Registro do encontro no Instituto Unibanco com Wanda Engel, privilégio que compartilhei com ativistas sociais da web: @marcogomes @talitaribeiro @leandro_ogalha @tuliomalaspina @clauchow @anamariacoelho @smiletic @paulolima @pecaogru @gnsbrasil @alinekelly”

Esta realidade do aluno do ensino médio público e sua relação (positiva, ativa e responsiva) com ações direcionadas à sua permanência na escola foram alguns dos temas sobre os quais um pequeno grupo de blogueiros conversou ontem à noite na sede do Instituto, debatendo diretamente com Wanda Engel, Marcelo Nonohay e a equipe responsável por implantar as metodologias contra evasão escolar. Na próxima semana leremos suas impressões na Blogagem Coletiva Estudar Vale A Pena e eu aproveito para agradecer já a imensa generosidade demonstrada no ato de doação de tempo e de conhecimento dos engajados no pontapé presencial ontem: @marcogomes @talitaribeiro @leandro_ogalha @tuliomalaspina @clauchow @anamariacoelho @smiletic @paulolima @pecaogru @gnsbrasil @alinekelly.

Se você quer saber mais para participar da blogagem coletiva do dia 11/08, não deixe de perguntar aí nos comentários e pedir o envio dos arquivos de documentos com dados, links para ver os vídeos com relatos dos jovens e conhecer esta realidade que está aí, entregando todos os anos jovens que poderiam ter mais, acreditar na possibilidade de sonhar mais alto e que podem ser estimulados a persistir nos estudos com a forca da sua palavra, do seu testemunho e da sua perspectiva.

[E se você não sabe como funciona blogagem coletiva, leia aqui: http://www.avidaquer.com.br/voce-sabe-o-que-e-blogagem-coletiva/]

P.S. Você pode obter as informações dos estudos que citei visitando o site Estudar Vale A Pena ou lendo este Relatório de Atividades com dados de 2010 que incorporo abaixo também. No Facebook e Twitter (@inst_unibanco) tem espaços mais interativos, além do canal de youtube, onde é possível se inspirar vendo a lista de vídeos feitos por alunos e favoritados pelo pessoal do IU.

Posts relacionados

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas