cultura web / mãe

Hoje estava trocando mensagens com uma amiga e percebi que não tinha comunicado oficialmente que não estou mais à frente da comunidade Porque se sujar faz bem by OMO. Depois de quase oito meses à frente da campanha no orkut, deixei oficialmente a comunidade há alguns dias. Foi um parto prematuro, admito, meio de sopetão, mas eu sempre soube que este era um “filho” que ia ganhar o mundo.

Saudades dos bagunceiros por você.

O que aconteceu para você sair? – perguntou minha amiga.

Bem, a história é séria e tem explicações, mas não é curta e simples. A Unilever Internacional (a marca OMO é da Unilever) definiu novas políticas para a campanha DIG (Dirty is good, o conceito que está por trás do Porque se sujar faz bem) que tinham que ser implementadas na campanha do mundo todo, sem exceção. Segundo me explicaram os coordenadores da campanha na agência que me contratou para ser a Embaixadora da campanha no orkut brasileiro, dentre elas estava ter ONGs ligadas à área de educação ou do brincar desestruturado à frente das ações. Para os europeus e cia é muito complicado entender e aceitar a informalidade com quem nós tratamos as coisas no Brasil – informalidade de ter uma mãe e jornalista à frente de uma comunidade em rede social falando em nome da instituição.

Como eu continuo achando o conceito DIG excelente – tanto o de que se sujar faz bem quanto o de que a criança precisa de brincar desestruturado. A diferença para mim é que agora me sinto mais livre para falar e escrever minhas vivências e ideias sobre o tema porque não estou mais falando em nome de uma instituição.
😉

E o tema continua aberto e em discussão frequente aqui no blog. Eu já tinha uma visão crítica sobre o brincar, mas aprendi muito neste período em que pude conhecer o conceito DIG, que tem sido construído com pesquisas teóricas e práticas das relações familiares acerca da prática da brincadeira e o desenvolvimento integrado das crianças. Para compreender a infância atual podemos usar esse instrumento tão simples quanto eficiente, o aprendizado pelo brincar.

Como você e suas crianças brincam?

P.S. No evento Casa Cor 2009 eu pude conhecer e bater um longo papo com as responsáveis pelo Instituto Sidarta, ONG que provavelmente estará à frente da comunidade a partir de agora, segundo me informou a agência Fbiz. Eles têm uma proposta ótima – que os meninos adoraram, como podem ver nas imagens – que pode ser conhecida aqui.

sidarta casa cor

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas