relacionamentos

numeros-3-2-2008-11-57-17.jpgNão quero ser chata só porque não sou apaixonada por carnaval, mas num domingo em que só se ouve falar das caras, bundas e selinhos (e pensar que desfilar comportada é um desafio!), achei uns números interessantes na sobre o Brasil. E não são sobre os valores gastos pelos ministros Orlando Silva e Matilde Ribeiro com cartão de crédito corporativo do Governo, que, aliás, já anunciou tarde mudanças nas regras para uso. (este tema deixo para Letícia Coelho e Fábio Mayer tratarem). São para pensar no país que temos:

MORTALIDADE INFANTIL

  • 20 …é o número de crianças que morrem antes dos 5 anos no Brasil, para cada mil que sobrevivem. Isso põe o país um pouco à frente da China e um pouco atrás da Romênia
  • 57 …era a taxa do Brasil em 1990. A melhora representou um ganho de 27 posições no ranking mundial

TRABALHO ESCRAVO

  • 5.877 …é o total de trabalhadores libertados de situação análoga à escravidão em 2007. É o maior número desde 1995, quando esse tipo de fiscalização começou
  • 25.000 …pessoas no país ainda trabalham em “condições degradantes”, com remuneração precária e cerceamento de liberdade

ACIDENTES

  • R$ 20 bilhões …é o prejuízo anual que os acidentes de trânsito causam ao país, segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Com base em números como esse, o governo proibiu a venda de bebidas alcoólicas em rodovias federais
  • R$ 40 bilhões …é a perda de arrecadação estimada com o fim da CPMF. Sem acidentes, 35 mil vidas seriam salvas todo ano – e metade do problema de caixa do governo estaria resolvida

P.S. Com a confusão do uso do cartão corporativo do Governo, descobri o Portal da Transparência. Vale a pena passar por lá às vezes.

[update] Em 11/02 O Bem Amado (o uso do nome da novela do Odorico Paraguaçu é um trocadilho que precisa ser lido lá) Cartão Corporativo no Nossa Via.

Por que não nos incomodamos mais com o que fazem com o nosso dinheiro? Será que não nos consideramos donos?

Você pode gostar também de ler:
Madame, da California Filmes, se tornou um filme especial: é o primeiro que estamos combinando
É de praxe ver listas pelas redes sociais de filmes e séries legais que estão
"Meus avós já estavam casados há mais de cinqüenta anos e continuavam jogando um jogo
Apaguei um update no meu perfil pessoal do Facebook nesta manhã. Era um link no
Neste ano perdi um relacionamento da vida toda e que só ao terminar me mostrou
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas